Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Zona Azul gera polêmica antes mesmo de funcionar em Taboão

Por Sandra Pereira | 27/07/2011

zona_azul

Sandra PereiraCobrança em Taboão ainda não começou mas críticas a Zona Azul já são muitas

A Zona Azul de Taboão só começa a funcionar oficialmente na próxima segunda-feira (1), mas já é o assunto mais comentado da cidade. A polêmica em torno do assunto já é grande e promete ficar ainda maior. Já há, inclusive, mobilização de setores e categorias sendo organizadas para protestar contra a cobrança do estacionamento rotativo em várias ruas da região central, Parque Pinheiros e Pirajussara. A Câmara municipal deve ser um dos primeiros palcos da mobilização contra a Zona Azul. Os vereadores voltam ao trabalho na terça (2) um dia após o inicio da cobrança e já podem esperar a casa cheia.

No dia 28 de junho os vereadores de Taboão aprovaram a revogação da chamada Área Azul. Mesmo assim as empresas do consórcio Cellopark e Autoparque do Brasil continuaram os trabalhos de implantação dos parquímetros. Ao todo a cidade recebeu 15 equipamentos, ao menos 3 deles sofreram pichações. A prefeitura alega que não pode cancelar o contrato já que seria obrigada a pagar multa.


Entre os  pontos mais criticados da implantação da Zona Azul de Taboão da Serra estão o custo do nova taxa, R$ 1 por cada 30 minutos, o percentual de apenas 6% que a será destinado a prefeitura, enquanto as empresas vão ficar com 94% do valor estimado de arrecadação. Outra crítica contumaz é ao fato da cobrança não gerar novos empregos na cidade, uma vez que os parquímetros dispensam a contratação de operadores. Além disso, o fato do equipamento ser totalmente manuseado pelos usuários pode gerar dúvidas.

Os funcionários das escolas, Fórum e da Câmara municipal já prevêem que vão ter dificuldades para estacionar os seus veículos depois da implantação da cobrança. Eles alegam que não terão como pagar a Zona Azul diariamente, além disso, reclamam do fato de ter que mudar o local de estacionamento a cada duas horas, período de permanência máxima em cada vaga. 

A prefeitura estima que a cobrança do estacionamento rotativo deve render em torno de R$ 2 milhões. Mas o montante será facilmente superado se a taxa de ocupação das vagas for elevada. A Zona Azul vai funcionar de segunda à sexta-feira, das 08 às 18 horas e aos sábados, das 08 às 17 horas.  Serão no máximo 10 horas de utilização por dia do serviço em até 26 dias no mês, tirando somente os domingos.

A gerência  de negócios do Consórcio das empresas  Cellopark e Autoparque do Brasil afirma que a empresa ainda não foi informada oficialmente sobre o veto contra a implantação da cobrança aprovado pela Câmara municipal. O consórcio é responsável por todos os custos de implantação e manutenção dos equipamentos.

Segundo o secretário de Administração, Marcelo Rioto, cada um dos 15 parquímetros instalados na cidade custa em torno de R$ 60 mil. O secretário garantiu que a cobrança da Zona Azul só acontecerá nas ruas previstas no decreto publicado no Diário Oficial da cidade. De acordo com ele a prefeitura não pretende acatar o veto dos vereadores, em razão da multa contratual.

O secretário defende que a cobrança da Zona Azul vai aumentar a oferta de vagas na região central. Vários comerciantes da região compartilham da opinião do secretário. Graças a cobrança do imposto alguns estacionamentos nas imediações da câmara de Taboão da Serra já estão se organizando na oferta de vagas para mensalistas.

17/11/2017

Licenciamento: novembro é o mês de veículos com final 9

Os proprietários de veículos com placa final 9 já podem fazer o licenciamento. Já os donos de...

13/11/2017

Congonhas reabre após ter 34 voos desviados por causa de drone

O Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, reabriu hoje (13) normalmente, após ter 34...

13/11/2017

Em sua 1ª edição, POP Run reúne mais de 600 corredores nas ruas de Taboão

Mais de 600 corredores profissionais e amadores participaram na manhã deste domingo (12) da 1ª...

13/11/2017

Moradores se unem e deputada Analice consegue reverter paralização da linha 029

A máxima de que o povo unido jamais será vencido virou realidade na última sexta-feira, 10,...

12/11/2017

Moradores do Jardim Clementino, Guaciara e Roberto em Taboão reclamam de buracos

A população de Taboão da Serra, entre os bairros do Jardim Clementino, Jardim Guaciara e Jardim...

11/11/2017

Comissão de Transporte Público debate sobre a renovação da frota de ônibus

A audiência para debater o transporte público, realizada na última segunda-feira, dia 6, na...

10/11/2017

Após pressão popular EMTU suspende paralisação da linha 029 Taboão - Pinheiros

Após a forte pressão popular e a divulgação das manifestações contrárias dos usuários a Empresa...

09/11/2017

Moradores de Taboão fazem abaixo assinado contra retirada da Linha 029

Usuários do ônibus 029 que faz a linha Taboão - Pinheiros estão realizando um baixo assinado...

08/11/2017

Audiência Pública de Transporte revela impasse entre administração e Pirajuçara

A audiência pública da Comissão de Transportes na Câmara de Taboão da Serra ocorrida na...

06/11/2017

Feriado prolongado registrou 108 acidentes e 2 mortes em acidente de trânsito

As concessionárias responsáveis pelas principais rodovias do Estado divulgaram o balanço parcial...

20/11/2017

Taboão terá caminhada pela paz e contra violência às mulheres dia 25 de novembro

O lançamento de uma ampla mobilização para uma caminhada histórica pelo fim da violência contra...

20/11/2017

Mortes decorrentes de intervenções policiais dobraram na região

As mortes causadas por intervenções policiais civis e militares aumentaram significativamente...

20/11/2017

Consciência não tem cor, mas a minha é negra e me ensinou desde cedo a lutar

Consciência não tem cor. Mas, a verdade é que se você ainda não tomou consciência de que a vida...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.