Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

Unifesp aprova projeto e Chico Brito inicia licitação da obra

Por Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes | 23/07/2011

2202

Divulgação Reitor aprovou o projeto e propôs o início das discussões dos cursos

Na tarde desta quinta-feira, 21/7, o prefeito Chico Brito reuniu-se com o reitor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Walter Manna Albertoni, e com a pró-reitora de Extensão, Eleonora Menicucci de Oliveira, para apresentar o projeto do prédio que abrigará o futuro Campus de Graduação da Unifesp Embu das Artes e discutir os próximos passos para sua implantação.

O prédio terá uma área de, aproximadamente, 4 mil m² e contará com arquitetura moderna, além de salas e laboratórios amplos e arejados. O projeto foi desenvolvido pelo Governo da Cidade de Embu das Artes por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano.

Chico Brito também falou sobre as obras da 1ª etapa do Parque da Várzea do Rio Embu-Mirin que estão avançadas, e será inaugurada em fevereiro de 2012. Dentre os equipamentos, estão o restaurante popular, que terá capacidade de servir 1.500 refeições por dia, e o auditório para mais de 600 pessoas.

Walter Albertoni demonstrou empolgação com a infraestrutura que está sendo montada pelo Governo da Cidade de Embu das Artes para receber o Campus de graduação da universidade. Assim, propôs que a equipe técnica da Unifesp se reunisse com representantes da sociedade civil organizada da região para dar início às discussões dos cursos que serão oferecidos.

A proposta da Unifesp é que sejam nas áreas de comunicação, artes e turismo. A expectativa do reitor e da pró-reitora é que o Campus Embu das Artes seja uma referência de ensino e pesquisa nessas áreas. Para tanto, serão contratados os melhores professores de cada área. Essas discussões deverão ocorrer ainda no segundo semestre de 2011 a definição dos cursos até o final do ano.

Diante da aprovação do reitor, Chico Brito prevê abrir a licitação da obra na próxima semana para que em meados de outubro inicie a construção do prédio. Enquanto isso, serão discutidos os cursos e serão dados encaminhamentos junto ao Ministério da Educação para a contratação dos professores. Segundo o reitor, a proposta é abrir vestibular para o Campus Embu no final de 2012.

Campus Embu das Artes integra plano de expansão da Unifesp
A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) tem uma tradição de 77 anos, conhecida essencialmente pelo ensino e pesquisa na área de saúde sendo vinculada à Escola Paulista de Medicina (EPDM). Segundo Walter Albertoni, desde 2010 a universidade passa por diversas transformações, dentre elas a estruturação dos campi, bem como a expansão das unidades. Essas fase foi denominada de “a nova Unifesp”.

E a cidade de Embu das Artes faz parte da estrutura da “nova Unifesp”. No Jornal da Unifesp, publicado em maio de 2011, o Campus Embu consta como em planejamento, mas já aponta para a criação de cursos de graduação. “Em termos de projetos futuros, a Unifesp poderá desenvolver cursos de graduação que atendam às demandas locais, tais como Artes, Música, Cinema e Teatro”, destaca a publicação.

A construção do prédio que abrigará o Campus universitário consolidará a presença da Unifesp na região, processo que foi iniciado com a implantação do Campus avançado de extensão, localizado no Complexo Educacional Professora Valdelice Aparecida Medeiros Prass.

Júlio Marcondes

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.