Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Justiça suspende novamente Audiência do Plano Diretor

Por Sandra Pereira | 18/07/2011

diretor

Arquivo do Jornal na NetO Caipirão ficou lotado na primeira audiência cancelada pela Justiça de Embu

Pela segunda vez consecutiva a juíza Denise Cavalcante Fortes Martins, da 3ª Vara do Fórum da Comarca de Embu das Artes suspendeu a realização da audiência pública de revisão do Plano Diretor da cidade, que estava marcada para ocorrer nesta segunda-feira 18. Após a nova decisão da justiça impedindo a realização da audiência pública a prefeitura informou que irá aguardar a decisão do mérito da questão pela magistrada para decidir que medidas jurídicas vai adotar. A nova data de realização da audiência só deverá ser marcada após o julgamento do mérito da liminar, cujo prazo será estabelecido pela própria juíza.

“Neste momento não existe uma decisão da prefeitura no sentido de pedir a revogação da liminar. Vamos aguardar o julgamento do mérito da ação”, explicou o controlador geral da prefeitura de Embu, Dr. Marcos Rosatti.

O controlador disse que a prefeitura mantém a proposta de criação do corredor empresarial, que é apontado pelos ambientalistas como um dos pontos mais polêmicos da revisão do Plano Diretor. Segundo Rossatti, o corredor foi aprovado no Conselho Gestor da APA Embu Verde por 12 votos contra 5. Segundo ele, a aprovação foi feita pelas entidades que integram a APA. “A prefeitura tem o seu posicionamento claro e tem segurança jurídica quanto a posição em relação ao corredor. Portanto, a prefeitura mantém a sua proposta e vai encaminhá-la à Câmara Municipal”, salientou.

Antes de ir parar na Justiça a minuta do Plano de Diretor foi tratada em mais de 30 reuniões setoriais em vários bairros da cidade. A polêmica sobre o assunto divide a prefeitura, moradores, empresários e ambientalistas.

De acordo com as entidades que ingressaram na justiça a liminar aponta irregularidades no processo. Os representantes das entidades dizem que a Prefeitura de Embu não atendeu ao procedimento legal para a condução da revisão do Plano Diretor da cidade. “A juíza indicou que nenhuma outra audiência pública deve ser agendada até o final do julgamento da ação principal ou de nova ordem judicial, pois a liminar anterior está mantida, já que o processo está ilegal e permanecem os mesmos vícios”, explica a nota enviada ao Jornal na Net pela assessoria de imprensa das entidades.

Segundo a nota, entraram novamente com o pedido da Liminar as entidades da sociedade civil organizada, que questionam a forma como o processo de revisão vem sendo conduzido pela Prefeitura de Embu das Artes. 

“A Liminar acata o parecer do Ministério Público que indica que a Prefeitura não deu a devida publicidade, não seguiu o cronograma divulgado para a revisão do Plano Diretor, não divulgou as regras para a participação durante a Audiência Pública, não apresentou previamente os estudos e análises aos Conselhos da cidade, e está atropelando o processo ao convocar a Audiência Pública juntamente com o Legislativo, sem dar tempo para as análises técnicas aprofundadas que um Plano Diretor exige”, traz o texto.

Os impetrantes da ação judicial defendem que a minuta do Plano Diretor de Embu das Artes requer estudos técnicos e escolhas baseadas em cenários futuros. 

22/10/2017

Prefeito Ney Santos anuncia corte de gastos com redução de secretarias

O prefeito Ney Santos na presença de mais de 400 pessoas anunciou o pacotão de corte de gastos...

22/10/2017

Taboão aprova projetos para ajudar mulheres a superar ciclo da violência

Numa sessão histórica para a luta contra a violência doméstica em Taboão da Serra, o grito...

21/10/2017

Comissão de Segurança Pública debate uso de câmeras de vigilância em Taboão

A Comissão de Segurança Pública da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na última...

18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

11/10/2017

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do...

22/10/2017

Polícia Militar abre concurso público para contratar 2.200 soldados em SP

A Polícia Militar contratará 2.200 novos soldados de 2ª classe para o reforço do patrulhamento...

22/10/2017

Prefeito Ney Santos anuncia corte de gastos com redução de secretarias

O prefeito Ney Santos na presença de mais de 400 pessoas anunciou o pacotão de corte de gastos...

22/10/2017

Comissão de Transportes vistoria e aprova os 20 ônibus 0km de Taboão

Os vereadores da Comissão de Transportes da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizaram nesta...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.