Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cultura

Embu das Artes comemora 457 anos de 15 a 30/07

Por Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes | 11/07/2011

embu_1

DivulgaçãoDiversas atrações marcam os 457 anos de Embu das Artes

Neste mês, a cidade comemora o seu nascimento, a data em que surgiu a aldeia M’Boy, o início de tudo. De lá até aqui muita coisa mudou, a cidade cresceu e entrou em nova fase após o plebiscito e oficialização do nome Embu das Artes, município com 52 anos de emancipação político-administrativa. Para festejar os 457 anos de fundação, o Governo da Cidade de Embu das Artes, por meio da Secretaria de Cultura, oferece uma atraente programação e convida você e sua família para essa grande festa de música, arte, cinema, que marcará o aniversário de fundação da cidade (18/7), nos dias 15, 16, 17 e 30 de julho.

Ópera, heavy metal e arte

Será a primeira vez que uma ópera se apresenta em Embu das Artes e isso ocorrerá fora do centro da cidade. O lugar escolhido para a apresentação do La Traviata é no Centro Cultural do complexo Valdelice Medeiros Pass, no Jardim Pirajuçara. O programa oferece ainda a exposição Embu Terra das Artes, com participação de artistas do grupo Oka e curadoria do crítico de arte Oscar d’Ambrósio, missa, apresentação de banda e filmes. Consulte a programação gratuita a seguir:

15/7,  20h
Ópera La Traviata
Com 20 artistas em cena e 85 minutos de duração, a ópera é divida em quatro atos. Os personagens principais são: Violetta Valéry, uma cortesã (soprano); Alfredo Germont, jovem nobre (tenor) e Giorgio Germont, seu pai (barítono). Neste ano vem sendo realizado o Momento (nome que tem o mesmo significado nos dois idiomas) Brasil/Itália, para o qual foi criado o Programa Circulando Ópera, pela Secretaria estadual de Cultura, que vem fazendo a apresentação em parceria com os municípios.

Local: Centro Cultural Parque Pirajuçara (Praça Manoel Almeida dos Santos, s/nº, 4783-3100)

16/7
14h – Filme A Pequena Órfã, de 1970, com Noite Ilustrada e Ana Moisés

16h – Abertura da Exposição Embu Terra das Artes. Artistas do Grupo Oka criaram obras a partir da observação da cidade. Curadoria do critico de Artes Oscar d’Ambrósio. Até 18/8.

Local: Centro Cultural Mestre Assis do Embu (Largo 21 de Abril, 29, Centro Histórico)

17/7
11h – Missa solene em homenagem à Aldeia M’Boy, nos seus 457 anos, presidida pelo padre Sebastião Gomes Neto
Local: Paróquia Nossa Senhora do Rosário (Rua da Matriz, 53, Centro Histórico)

14h –  Filme O Santo Milagroso, com participação de Solano Trindade, Raquel Trindade e Mestre Assis do Embu.
Local: Centro Cultural Mestre Assis do Embu

30/7, 19h30
Banda Pandora 101

Formado por professores, maestros, bacharéis e pós-graduados de até 25 anos de estrada, o Pandora 101 existe há 12 anos. Nando Moura (Vocal, Guitarra) e o irmão Gugo Moura (Baixo), influenciados por bandas como Kiss e Blind Guardian, montaram a banda de Heavy Metal. Pandora significa em grego todos os dons. Para o grupo, com a proposta de apresentar música e arte nos shows, Pandora 101 representa a reabertura da Caixa de Pandora.

Local: Centro Cultural Mestre Assis do Embu


Elke Lopes Muniz

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.