Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

GCM fecha outro bota-fora em Itapecerica

Por Outro autor | 7/07/2011

Foto_0232__1_

DivulgaçãoCrime ambiental está sendo investigado na cidade, mas continua ocorrendo

Em meio a denúncias de bota-fora envolvendo vereadores, secretários e funcionários da prefeitura de Itapecerica, após o vazamento de informações contidas em uma gravação onde João Miranda e Vítor Rangel que resultaram na instauração de uma CEI a Guarda Civil Municipal flagrou, autuou e fechou um novo bota-fora. Esse tipo de crime ambiental está virando rotina em Itapecerica, que está localizada numa área de 100% de manancial, mas, constantemente sofre com danos ao meio ambiente.

Nesta terça-feira, 5 de julho, mais duas pessoas e a empresa Compec  Galasso foram indiciadas por despejo de entulho em uma obra de recuperação da Estrada João Rodrigues de Moraes, no bairro da Lagoa. O crime foi constatado pelos GCMs Douglas e William do ROM (Ronda Ostensivas por Moto). Eles agiram prontamente e fizeram o flagrante.

“Por solicitação dos senhores França (secretário de turismo) e Mário (diretor da secretaria de obras) vim para acompanhar a obra e não tenho conhecimento da origem do material aqui depositado”, afirmou J.L.J.M, um dos indiciados durante questionamento dos guardas relatado no Boletim de Ocorrência no 3827 (GCM) e 73/11 (Polícia Civil).
A Guarda identificou os indiciados (J.L.J.M e A.J.Z.J) como responsáveis pela fiscalização da obra. A.J.Z.J que é funcionário da empresa “Compec Galasso”, que foi contratada pela realização da obra, fazia o controle de entrada e saída dos caminhões. J.L.J.M, segundo o Boletim de Ocorrência, é o responsável por encaminhar os caminhões ao local.

O trator e a esteira, usados na obra, foram apreendidos e a ocorrência foi registrada na Delegacia do Meio Ambiente (Seccional de Taboão da Serra). A delegacia seccional investiga as denúncias contidas num cd com a gravação de uma conversa prá lá de comprometedora, em tom de acerto de contas entre o vereador João Miranda e seu  seu ex-colaborador Vítor.
O diálogo áspero compromete João Miranda e outros vereadores, Tonho Paraíba, José Hélio e até o presidente da câmara Chuvisco, além de funcionários públicos, o secretário Luis Pires e o administrador da regional do Valo Velho, Jaime Damasceno.

Na gravação, João Miranda detalha o esquema de bota-fora que funcionaria na cidade. O cd aponta que cada caminhão que joga entulho em Itapecerica pagaria aos participantes do esquema quantias que variam entre R$ 50 e R$ 70 por caminhão. O cd da denúncia foi entregue à câmara municipal no começo do mês de junho, mas os denunciantes não estavam qualificados e a presidência não aceitou a denúncia.

Com a qualificação deles na última sessão antes do feriado de Corpus Christi a presidência acatou a denúncia e a câmara instaurou a CEI que vai apurar todas as irregularidades apontadas na gravação.

A CEI tem como componentes os vereadores José Martins Filho, Paulinho PM e Regina Corsini. A comissão terá, inicialmente, 45 dias para apurar o possível crime ambiental.

Investigações

Além da CEI instaurada para apurar o crime, na sessão da câmara, na quinta-feira, 30, o caso já está sendo investigado pela Polícia Civil de Taboão da Serra. Em entrevista concedida a reportagem do Jornal na Net, Ivan Jerônimo da Silva, chefe dos investigadores da delegacia seccional de Taboão falou sobre  a gravação. Ele avisou que os culpados serão punidos  e se defendeu, uma vez que seu nome também foi citado no cd.

O trecho “o investigador Ivan da seccional está envolvido. Não ele vai colocar todos os envolvidos na cadeia” foi comentando por ele. “Acho que foi colocado de forma proposital para colocar uma marca em cima de mim, eu não tenho envolvimento nenhum eu estou muito tranquilo para trabalhar”, disse.

Segundo Ivan a gravação tem 2h20 minutos de diálogo. “O que me estranha é eles divulgarem na internet um pedaço de 40 segundos cortado até porque depois daquele trecho, que eu acompanhei bem, tem um trecho que fala de uma pessoa que é político e intitula essa pessoa como chefe da quadrilha foi cortado”.

Com cautela Ivan avalia o conteúdo da gravação.  “Pelo que eu ouvi o João Miranda cometeu o crime, mas também tenho muita cautela, pois quem está questionando tem interesse na vaga do João que é o primeiro suplente então tenho cuidado. Agora quem cometeu o crime vai pagar”, afirmou.

 “Vejo que o João Miranda tem uma relação estreita com o tal de Vítor que é um bandido, uma pessoa que foi colocada errada na função que ele exercia. Essa pessoa agora que está desamparada está coagindo o vereador – repassando dinheiro para o vereador, isto está muito claro”, avaliou.

Para o investigador os criminosos já perderam os limites e intensificam o crime no período noturno. “Eles vão pagar por isso. Todos vão responder pelos crimes que estão cometendo, não quero falar sobre a investigação, mas eles vão pagar”, finalizou.

 

Texto: Karen Santiago e Sandra Pereira

13º

bolao

voces nao sabem de nada,esta denuncia foi articulada para nao atingir os verdadeiros responsaveis, foram jogados mais de 20000(vinte mil caminhoes de terra) e ninguem viu, cade os orgaos ficalizadores, pocial ambiental, policia civil,guarda civil ambiental e prefeitura ninguem viu estes caminhoes despejarem toda esta terra nao e estrando cade todo esse dinheiro que cobraram dos caminhoes que no caso do obra do pac era R$ 80,00 reais cada caminhao quem ficou com esta grana sera que foi dividio para os orgãos ficalizadores para não verem esta caminhões. vamos pensar um pouco........

12º

CONHECIDO COMO O SITIO DO CARLÃO

BOM PEÇO  PARA QUE PUBLIQUE QUE JA LIGUE VARIAS VEZES A POLICIA AMBIENTAL DE ITAPECERICA DA SERRA PARA FALAR SOBRE UM SITIO QUE TEM NA AV ESDUARDO ROBERTO DAHER DO LADO DA ESCOLA E COLEGIO 8 DE MAIO LA ELES FAZEM CARVÃO UMA FUMAÇA EMFERNAL O DIA TODO AS NOITE TODA E COMO SOMOS MORADORES E VIZINHOS DO LOCAL VENHO AQUI PARA FAZER UM APELO PROCUREM FAZER UMA RONDA ATÉ O LOCAL POR QUE PASSAMOS MAU COM DORES DE CABERÇA NOSSOS OLHOS ARDEM É ORRIVEL TEMOS CRIANÇAS AO LADO ´DO SITIO UMA ESCOLA ALGUEM TEM QUE TOMAR UMA ATIDUDE

11º

anonimo

fiquei sabendo que tem pessoas com fazenda,verdade ou não...sei lá!

10º

silva

Acho que tem pessoas com dificuldades pra ler e entender.. Estou começando a achar que ou é mal de parkinson,ou puxa saquismo mesmo! Não sei onde foi que o do comentário 5,leu que critiquei a gcm..

josiel cruz andrade

Oi Senhores diretores deste jornal eu sou o verdadeiro josiel cruz andrade eu nao conheço este fato que mandarao pra esta editora. falando mal do senhores vereadores do meu municipo de itapecerica da serra sp eu nao reconheço este fato profavor voceis pode tira este comentario que eu nao fiz da comentario 6 . deste jornal ( tem gente mim usando meu nome.)

josiel cruz andrade

Eu sei que tudo sera de grande resposabilidade do seu publicado nesta editora ate eu estou endiquinado pelo fato que mim colocarao sem eu saber de nada . e tem gente usado meu email. pra mim projidicar e o meu primo vereador Ze Helio e demas vereadores que eu nao a conheço da cidade. obrigado a todo e eu fique sabendo hoje 09/07/2011 16:00. tchaul fi com Deus todos asinatura do verdadeiro josiel andrade

maria

areas verdes bota fora logo;logo e o iptu;igual taboão .eta povinho tem que por a boca no trom-bone chega de corrupição e de falcatruas o povão não aguenta mais so por Deus

josiel cruz andrade

Boa noite jornal (Eu sou primo do vereador ze helio eu estou com muita vergonha dele pro que sempre na nossa familia foram certinho ele nao merece mas ser vereador da minha amada cidade eu sempre penso de trabalhar com noticia fatos senhores vereadores nao deixar este vereadores que esta na mafia ser livre eles nao merecer mas nada do municipio e eu e mas de 174 mil pessoa que elegeu eles oçeis sabe que ele querem e so ganhar o salario deles e mas nada

FORMAGIO

Parabéns mais uma vez pra nossa GCM muitos deveriam seguir esse caminho combater os crimes ambientais entre outros cade o Sr. Silva agora para elogiar essa ocorrencia aplausível até breve rsrs. leitores e sempre que souberem sobre esses crimes por favor denunciem 153.

Fernando

Acho que já está ficando muito repetitivo fazer elogios aos GCMs de Itapecerica da Serra, mas eles merecem ! Só quero pedir ao Prefeito que contrate mais guardas, adquira mais viaturas e equipamentos pois eles são a nossa POLÍCIA !!! Parabéns pela ocorrência !

IBEMA - Instituto brasileiro da ecologia e meio ambiente

Excelente matéria do jornal da net - parabéns - e diante dessa grave denúncia, o jornal deve ficar em cima desse caso, e mais, deveria ser tbm DENUNCIADO AO MINISTÉRIO PÚBLICO de Itapecerica e tbm a Polícia Federal. É inaceitavel que tenhamos de ver e conviver com tantas FALCATRUAS, seria interessante se o jornal da net colocasse aqui o partido desses vereadores, para que o povo saiba de mais essa falcatrua, e assim, ano que vem o próprio povo os tirara do poder. Vavá do IBEMA

Maria

A Guarda Civil Municipal de Itapecerica tem feito a diferença na cidade, afinal continuam combatendo o crime ambiental no município, apesar de ser barrada por causa da luta contra o crime. Espero que essas investigações não acabem em pizza e que os possíveis responsáveis pagem pelo mal que estão fazendo na cidade, que está largada as traças, imunda e abandonada.

Gilberto Morais

Karen, na Gleba-7 tem um bota fora monstro(enorme) e o pior, toda a vegetação local foi encoberta por este tipo de residuo. A quantidade é tão imensa que agora esta terra vem caindo sobre um pequeno córrego que transpaça no Bairro levando adiante nada mais que água de nascentes. Os Políticos de Itapecerica podem até estarem sendo acusados inocentemente, mais diante de tantos fatos parece que realmente eles estão pra lá de enrroscados,mas como se tata de muitos políticos, ta na cara que vai tudo terminar em pizza.

21/07/2017

Homem é detido transportando dois pássaros em uma mochila na Régis Bittencourt

A PRF efetuou a prisão de um homem com dois picharros após fiscalizaç&ati

19/07/2017

Secretaria de Planejamento e meio ambiente de Itapecerica inicia o Cidade Segura

A Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente de Itapecerica da Serra, em trabalho conjunto com a...

18/07/2017

Frio chegou à capital paulista e temperaturas podem chegar a 8°C

O inverno chegou e as temperaturas sofrem variações e continua trazendo frio intenso na capital...

04/07/2017

Sabesp tem inscrições abertas para curso de pesquisa de vazamentos

A Sabesp oferece curso gratuito de pesquisa de vazamentos até o final do ano na Região...

23/06/2017

Mês do Meio Ambiente leva projeto de horta para bairros de Embu das Artes

20/06/2017

Licença ambiental em Embu, Taboão e Itapecerica é com a empresa Novo Olhar

Obter licença ambiental para realizar obras é um dos grandes desafios de quem atua nos...

12/05/2017

Prefeitura de Itapecerica realiza limpeza no Jardim das Oliveiras

A Secretaria Municipal de Obras e Serviços, por meio da Regional do Jardim Jacira, finalizou a...

09/05/2017

Morador do centro de Embu cobra poda de árvore há 5 anos

Há cinco anos, Luiz Carlos Lombardo solicita a poda ou remoção de árvores na Rua Belo Horizonte,...

04/05/2017

Empresa é acusada de descartar lixo hospitalar em afluente do rio Embu-Mirim

Uma empresa que segundo as informações iniciais faz a coleta de lixo hospitalar nas cidades de...

27/04/2017

Alckmin quer garantir preservação em área que abastece Embu e Itapecerica

O governador Geraldo Alckmin encaminhou à Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 199/2017, que...

21/07/2017

Prefeitura de Embu traz novo modelo de gestão para alimentação escolar

21/07/2017

Itapecerica tem Semana do Empreendedorismo em Ação entre 31/07 e 03/08

A Prefeitura de Itapecerica da Serra e o Sebrae-SP realizam entre 31 de julho a 3 de agosto a...

21/07/2017

Atenção para o licenciamento: julho é o mês de veículos com placas final 4

Os proprietários de veículos com placas final 4 já podem fazer o licenciamento. A data limite...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.