Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Transporte público: descaso com passageiros

Por Karen Santiago | 2/06/2011

lotado

Karen SantiagoPassageiros definem como "lata de sardinha" a situação que enfrentam no transporte da região

Transporte lotado, atraso constante e falta de respeito com os passageiros, principalmente com os idosos, caracteriza o sofrimento diário dos usuários do transporte público na região que usam a expressão “lata de sardinha” para definirem como se sentem dentro dos ônibus e vans.

“Além de nos deixar aqui dentro como lata de sardinha (apertados, sem nenhum espaço), eles não respeitam os idosos. Quando eles (idosos) precisam tomar a condução, os perueiros não fazem questão, deixando os idosos no ponto de ônibus, isso tudo porque eles não pagam condução. Os perueiros (cobrador, motoristas) só autorizam a entrada se alguma pessoa que está na lotação se prontificar a descer”, denunciou Vilma.

Ciente da realidade enfrentada por esses moradores que dependem do transporte, a reportagem do Jornal na Net acompanhou na manhã desta quarta-feira, 01, a rotina desgastante e o sofrimento desses trabalhadores. A demora de pelo menos 40 minutos do ônibus intermunicipal complicou ainda mais a vida dos passageiros que constantemente ficam apertados, muitas vezes, sem local para se segurar, tamanho número de pessoas colocadas dentro dos ônibus e também das vans.

“É sempre assim. Eles dizem que a tendência é melhorar quando aumenta a passagem (condução), mais só piora. Principalmente as lotações que enchem cada vez mais, eles colocam um monte de gente, sem se preocupar que não tem espaço”, desabafou Graziela.

Os passageiros além de enfrentarem todos os dias a demora dos coletivos, a falta de respeito e a super lotação de pessoas, precisam superar a má manutenção dos ônibus e vans que em sua grande maioria, segundo eles, estão em péssimo estado, mas mesmo assim continuam em circulação.

“Às vezes por falta de manutenção os ônibus quebram, causando um grande transtorno para nós, que precisamos descer e esperar o outro coletivo, que já chega abarrotado de pessoas, quase impossível de entrar. Por quebrar mais (o ônibus), optamos em pegar peruas, por ser mais rápido, mas não é bem assim, porque eles ficam parando toda hora para pegar mais passageiros, enchendo cada vez mais a perua ”, reclamou Graziela.

De acordo com os passageiros entrevistados, os ônibus e as vans começam a ficar cheios a partir das 4h até 9h, da manhã e das 16h30 às 21h. ““Esses são os horários mais difíceis. Os passageiros só conseguem fazer a viagem sentados, se pegarem no ponto de partida, porque dois pontos após sair, as vans e ônibus não têm mais lugar. Nos horários de pico, os ônibus / vans passam direito porque já não cabe mais ninguém e somos obrigados a esperar por outro, que esteja mais vazio”, contaram Vilma e Graziela.

A reportagem constatou que o atraso dos ônibus acontece em horários diversos, obrigando os passageiros a esperarem impacientes no ponto. “Já faz um tempo que os ônibus não passam mais no horário previsto, acho que isso está acontecendo devido às obras na Francisco Morato. Chego atrasada todos os dias, no começo minha chefe brigava, mas agora ela já se acostumou. Eu como não tenho escolha, preciso pegar o ônibus, mas se pudesse, sem dúvida optaria pelas peruas”, comentou Ana.

Para amenizar os problemas no transporte intermunicipal os passageiros reivindicam pela melhora nos coletivos, além de novos transportes, porque segundo eles, a população cresce, mas o número de ônibus e vans continua o mesmo, causando um desconforto para quem necessita deste meio de condução para trabalhar.

danielle olivera de sousa

paga 3 reais na passagem já e um absurdo. e ter q ir em pé é uma sacanagem, mais isso não e culpa de cobrador ou motorista nem de fiscais. a culpa e do povo brasileiro, q é um bando de pessoas arrogantes vão votar e nem sabe oque a pessoa esta oferecendo para melhora o brasil. para bens brasileiros

José Pereira

Prezados vou dizer a mesma coisa que sempre falo aqui, precisarmos muda na hora de vota, vamos vota em candidatos que numca se elegeiram e numca numca foram vereador que talvez n~~ao saiba nem o que é politica! talvez podemos melhora um pouco taboão da Serra! o Transporte coletivo em taboão é o mais caro do que o de são Paulo e das cidades vizinhas, de Itapecerica a Cotia custa R$2.15, por ai você tira como os ratos de taboão da Serra põe a mão no nosso bolço! mais vamos da o troco sim em 2012, vamos vota em candidatos novos.

IS

Olá à todos ! SAbem porque ? Porque elegemos sempre o mesmo lixo de políticos. Porque não exigimos contrapartida do que pagamos em impostos. Porque investimos milhões para ter uma porcaria de copa do mundo que nem assistiremos um jogo sequer por causa dos preços. Porque á midia está toda em polvorosa por causa da lotação dos aeroportos (que é o transporte coletivo dos mais abastados na maioria das vezes) e tá pouco se lixande com o transporte do povão. Porque o partido dos trabalhadores hoje está pouco se lixando para o trabalhador...em sintese, porque somo um bando de otários travestidos de pacatos cidadãos!!!!

Alguém

Isso que vocês não pegaram a linha terminal Capão Redondo, lá no horário de pico, das 17:00 às 20:00 horas, pra se conseguir entrar no ônibus temos que ficar esperando no mínimo meia hora, pois mesmo nesse horário que tem ônibus a cada 10 minutos, tem no mínimo 4 filas e se não bastasse isso muitos invadem a frente dos que estão esperando para chegar a sua vez, se não deixarmos somos agredido por esses furões de filas e a segurança da EMTU só fica assistindo de longe o tumultuo e não fazem nada, resumindo pago para o governo por segurança pra não fazerem nada e pior ficam vendo o tumultuo e ate as brigas que acontece na porta da linha Parque Paraíso rindo e se divertindo em vez de trabalhar e ir organizar, por ordem. Pegar ônibus no terminal Capão Redondo, a Linha Parque Paraíso nesse horário é ter certeza de empurra-empurra, agressão e descaso por parte da Segurança, para Santo Amaro não há nem a opção de peruas.É revoltante

11/08/2017

Prefeitura de Embu busca parceria com o DETRAN – SP

Com o objetivo de melhorar as questões administrativas no município de Embu, que envolvem tanto...

09/08/2017

Com obras de retorno, Jardim Pirajuçara vai ganhar fluidez no trânsito

A prefeitura de Taboão da Serra dá continuidade à série de obras para melhoria do trânsito,...

08/08/2017

Indicação de condutor infrator pode ser feita pelo site do Detran.SP

Quem recebeu multa do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) por uma...

08/08/2017

Motociclista de Taboão morreu e teve perna arrancada em grave acidente

Mais um morador de Taboão da Serra morreu vítima de um grave acidente de trânsito. Na tarde...

07/08/2017

Tragédia: 3 pessoas morreram e 2 ficaram feridas em acidente perto da Régis

Um grave acidente de carro deixou três pessoas mortas na madrugada deste domingo (6) nas margens...

02/08/2017

Régis Bittencourt voltou a ser fechada em novo protesto contra Temer

Manifestantes contrários ao presidente Michel Temer ocuparam trechos das principais vias que dão...

30/07/2017

Cido comemora conquista de duas lojas de recarga do BOM para Taboão

O vereador José Aparecido Alves, o Cido, (DEM) comemorou a instalação de dois pontos de recarga...

21/07/2017

Atenção para o licenciamento: julho é o mês de veículos com placas final 4

Os proprietários de veículos com placas final 4 já podem fazer o licenciamento. A data limite...

21/07/2017

Prefeitura de Taboão intensifica fiscalização no transporte público

Extintores descarregados, saída de emergência sem lacre, vazamento de ar,lanternas danificadas,...

17/07/2017

Ruas do Santo Eduardo, em Embu das Artes recebem mutirão

As equipes das Secretarias de Serviços Urbanos e Mobilidade Urbana estiveram no Jd. Santo...

17/08/2017

Creche no Santa Tereza foi roubada 8 vezes esse ano

Pela oitava vez consecutiva, somente esse ano, bandidos invadiram a creche municipal Maria...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.