Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Licitação do Transporte no Taboão segue para análise de documentação

Por Sandra Pereira | 28/11/2009

licit.jpg

Nova etapa só acontece após publicação em Diário Oficial

A primeira etapa da Licitação do Transporte Alternativo em Taboão da Serra aconteceu nesta sexta- feira, 27, num clima de paz e muita expectativa. Ela foi acompanhada de perto por dezenas de perueiros que trabalhavam nas linhas que estão fora de circulação desde o mês de setembro. Três empresas entregaram envelopes contendo a documentação, que foi minuciosamente analisada pela Comissão Julgadora de Licitação (COJUL) e a Comissão criada para cuidar do transporte coletivo na cidade.

O certame vai se dá em três etapas distintas. A primeira foi a apresentação da documentação. Agora a Comissão de Licitação vai avaliar a documentação apresentada e, após essa etapa vai publicar em Diário Oficial quais empresas estão aptas a participar da etapa seguinte.

Após a publicação os participantes terão prazo de 5 dias para contestar o resultado da junta. Após esse período será agenda uma data para a abertura dos envelopes com as propostas. Caso todas as empresas estejam efetivamente com a documentação em dia. Vai vencer o certame aquela que oferecer a melhor proposta financeira. Mas essa etapa só deve acontecer em 2010. A menos que as partes decidam acelerar o processo.

“Estamos com  o coração na mão”, resumiu Gildásio de Almeida Silva, que trabalhava na linha 9.

Uma quarta empresa identificada como Passengers ficou impedida de participar da primeira etapa por causa de problemas na documentação.

As empresas  Cooper Micro Luxo ( Cooperativa de Trabalho dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Passageiros em Micro- ônibus da Grande São Paulo) ,  Cooper Transe (Cooperativa de Trabalho dos Profissionais Especializados em Transporte Geral de São Paulo), que está ligada a Coopertab que já atuava no Taboão e  Cooper Gente  (Cooperativa de Trabalhadores de Transporte Coletivo e Carga de Taboão), que também já explorava o sistema na cidade, tiveram os envelopes com a documentação aberto quase que simultaneamente.

Os representantes de cada uma delas fizeram questionamentos a cerca da documentação e procedimento das demais. Por isso, somente o parecer da COJUL poderá definir quem realmente está com a documentação em dia para participar da segunda etapa do certame.

Os Secretários Ronaldo Dias, de governo e Claudinei Pereira, do Trânsito, acompanharam a abertura dos envelopes. O coordenador do programa Taboão Legal, José Marcos também participou. Os três integram a Comissão que está fazendo um diagnóstico do transporte público na cidade.


Veja mais fotos:

licita.jpg

Concentração e ansiedade na abertura dos envelopes

licitaa.jpg

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.