Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Desapropriações do Rodoanel causam transtornos em Itapecerica da Serra

Por Sandra Pereira e Karen Santiago | 27/11/2009

MATERIA_DA_KAREN.jpg

José Victorio Bondezan diz que sua casa foi desapropriada e foi retirado dela por policiais 

O trecho Sul do Rodoanel Mário Covas, que deveria trazer solução para o trânsito tornou-se um problema para quem reside próximo à obra. As desapropriações feitas na região estão deixando os moradores atingidos revoltados com a situação.

O ajudante geral José Victorio Bondezan denuncia que “quando o prazo de despejo se concretizou, policiais pararam na frente de casa, com cassetetes e revólveres e colocaram a minha família para fora, a força”. Essa foi à experiência que José Victorio precisou passar por ter a casa desapropriada devido às obras do rodoanel antes mesmo de ser indenizado pela desapropriação.

Quando ficou decidido definitivamente onde o trecho passaria os responsáveis pela obra procuraram José Victorio para definirem quando a casa teria que ser abandonada pelos moradores. José Victorio afirma que foi informado com antecedência de dois anos, mas não deixou a casa antes porque estava aguardando pelo menos um pouco do dinheiro da indenização.

O ajudante geral conta que após o despejo foi morar de aluguel no bairro do Valo Velho / SP com o seu próprio dinheiro. “Aguardei no mínimo seis meses para ser ressarcido, enquanto isso permaneci morando de aluguel e muitas vezes não tínhamos condições de uma comida um pouco mais completa, pois o dinheiro que gastaríamos na alimentação estávamos utilizando para o pagamento do aluguel”.

José Victorio e suas irmãs têm por direito cinco casas e mais um galpão de 300 m² que ganhou de herança de seu pai que faleceu há alguns anos atrás. Ele conta que na antiga casa além de viver com sua mulher e filha ele tinha que dividir o terreno também com a sua mãe e com as suas irmãs. Para ele por um lado comprar uma nova casa em outro lugar foi bom por que assim evita pelo menos um pouco as brigas e rixas que existiam entre a sua mãe e irmãs em relação a sua mulher.

A Dersa que é responsável pelo pagamento da indenização das famílias que tiveram suas casas desapropriadas devido à obra pagou o morador José Victorio. Mas esse pagamento não foi integral garante o ajudante geral José Victorio: “As cinco casas deveriam ser indenizadas, mas somente duas foram. Quando as outras três casas começaram a trincar, eles mandaram ajudantes da obra para reformá-las, mas elas novamente tiveram o mesmo problema”.

Com o dinheiro das duas casas ele conseguiu construir uma boa casa e hoje em dia possui até um carro próprio. “Se não fosse os transtornos e as outras três casas não indenizadas com certeza estaria muito feliz” garante o ajudante geral.

O contato com a Dersa é freqüente segundo José Victorio, mas a procura pelos responsáveis não está resolvendo nada, foi por este motivo que o morador decidiu entrar com um processo contra eles “Tenho por direito todo o restante da indenização, eles disseram que garantem que o restante do ressarcimento acontecerá somente quando a obra terminar e isso eu não acho certo, pois a obra somente ficará pronta em 2010”.

Existem duas opções de escolhas para quem tem sua casa desapropriada uma delas é a indenização em dinheiro e a outra é morar em uma casa na Unidade Habitacional (CDHU).

Mas a segunda opção de escolha somente pode acontecer se os moradores das casas que serão desapropriadas não tiverem todos os documentos da casa, portanto quem tiver a documentação completa da casa, tem a opção da indenização em dinheiro.
Esse foi o caso da moradora do bairro Branca Flor Vera Lucia Cruz que também teve sua moradia desapropriada e com isso passou por grandes transtornos.

Sem opção de escolha a dona de casa de 41 anos Vera Lucia Cruz teve que aceitar 20% a menos do valor que sua casa valia. “A minha casa vale de 200 mil a 220 mil reais e a Dersa somente me pagou 160 mil reais”.

Claudio

Sr ailson pereira santos, desculpe, mas acredito que vc n gostaria de saber que vc está sendo obrigado a sair da casa na qual vc leva anos para tentar acabar pois assim é a vida de um pobre, e vêm o Governo se aproveitando de uma areas pobres para a construção de uma Rodovia importante ou não que apenas se aproveita da fragilidade de regiões como Guarulhos que é de natureza toda desorganizada e feia. Comprei um terreno de 10x30, com um documento legal registrado em cartório com registro, porém devido a falecimento do antigo propietário levarei anos para tirar a escritura, e a DERSA sabendo da situação da região diz que pagará apenas pela casa, ou seja, são totalmente desonestos, eu não sou invasor de area particular. Porém serei tratado como um aproveitador...... Espero somente na Justiça de Deus pq na Justiça empregada no Brasil, onde embreagados matam familias inteiras com seu carro e nada acontece, esse é o Lindo Brasil que pintam lá fora, até quando ficaremos a merce dessa Lei e desses políticos que apenas trabalham contra o Brasil e a favor próprio....Vamos pensar no próximo.... Sou morador do Jd Vila Rica, uma das areas que expulsarão como invasores seus moradores que compraram e apenas n tem escritura finalizando o processo.....Vlw Brasil...Vlw PSDB

ailson pereira santos

gostei muito das obra do rodoanel gostaria de receber mais foto da construcao sobre a represa do guarapiranga a profundidade das pilastra eu gostsria de saber como a engearia desde du comeco e uma curiosidade que eu tenho obrigado espero

alison rogerio

entao karem,moro em itapecerica da serra,no jd jacira,minha mae morava em casa propria no santa julia,itp da serra,foi forçada a sair para o rodoanel relizar as obras,porem a mais de um ano vem lutado para receber o dinheiro da casa sem condiçoes de pagar aluguel e a um mes atras estava meu pai com pneumonia,fizemos vaquinha pra comprar os remedios dele,ele esta morando hoje na divisa de itp,na esquina da rua jacó corfini c/ margaridas amarelas no vila calu sao paulo,o caso esta nas maos do advogado que esta prestando serviços gratuitos a eles por nao terem condiçoes de pagar,havendo interesse em dicvulgar mais esta materia estou a disposiçaoó advogado a qual me refiro é filho de uma vereadora de itp Regina corsine,o nome do meu pai é antonio dinisio.meu telefone é 67771837.estou sempre no centro de ita,qualquer encontro voce podera marcar que eu compareço.

alison rogerio

karem entre em contato pelo meu email,pois meus pais estao em pessimas condiçoes financeiras e esta pagando aluguel sem ter condiçoes ,e o dinheiro da sua casa ainda nao saiu,poren foi obrigado a sair da casa ha quase 2 anos,por favor ajude a divulgar este fato...por favor.

Dayane

Meus Parabéns Karen! A matéria está ótima, clara e objetiva.

24/05/2017

Shows adiados do Embu Country Fest acontecem neste fim de semana

Na sexta-feira, dia 26, acontecem os shows de MC Kevinho, Ricardo Ozcar e do embaixador do...

15/05/2017

Embu Country Fest começa na quarta-feira com diversidade musical

Organizado pela A Luz Eventos, o Embu Country Fest, festival sertanejo que acontece em Embu das...

10/05/2017

Taboão da Serra recebe Circuito Sesc de Artes no sábado, 13

Uma parceria entre a Secretaria de Cultura e Turismo da Prefeitura de Taboão da Serra e o Sesc...

08/05/2017

Bombeiros de Itapecerica resgatam cadela que caiu em um buraco em Juquitiba

Integrantes do corpo de bombeiro de Itapecerica da Serra fizeram um resgate inusitado e perigoso...

08/05/2017

Vândalos voltam a agir e ateiam fogo no Galpão de Coleta Seletiva em Itapecerica

Vândalos voltaram a agir durante a madrugada desta segunda-feira (08). Moradores da Avenida dos...

05/05/2017

Câmara de Taboão da Serra abrirá concurso público para 25 vagas

A Câmara Municipal de Taboão da Serra abriu o concurso público para o preenchimento de 25 vagas,...

04/05/2017

Vereador apresentará palestra sobre mercado de trabalho em Embu

Desde 2014 o Brasil passa por uma crise econômica muito densa, e assim as empresas buscam...

01/05/2017

Corrida do Trabalhador agita periferia de Taboão e têm novos campeões

A 12ª edição da “Corrida do Trabalhador” realizada nesta segunda-feira (1) agitou mais uma vez...

01/05/2017

Aluna taboanense escreve sobre palestra da editora do Jornal na Net

Quando fiquei sabendo que viria uma jornalista para a nossa escola em convite da minha...

25/05/2017

Contas de Taboão estão em dia, mas capacidade financeira está no limite

O vereador José Aparecido Alves, o Cido, elogiou a condução da audiência pública e a atuação do...

25/05/2017

ANTT aprovou projeto do retorno na Régis para atender Taboão da  Embu

A Autopista Régis Bittencourt informou por meio de nota enviada à reportagem do Jornal na Net...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.