Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

Zoneamento na APA Embu verde pede atenção

Por Outro autor | 26/05/2011

audiencia1

DivulgaçãoItatuba e Capuava dizem não ao Corredor Empresarial da Rua Maria José Ferraz Prado

A APA (Área de Proteção Ambiental) Embu Verde com sua grande biodiversidade, Mata Atlântica em diversos estágios de recuperação, habitat de animais - inclusive alguns ameaçados de extinção - e produtora de água, é tema de destaque nas discussões da revisão do Plano Diretor de Embu das Artes (SP)! As comunidades participam ativamente para definir como será o zoneamento dessa região privilegiada, localizada no lado oeste do município e considerada patrimônio ambiental da cidade.

No dia 19 de maio foi realizada uma Audiência Pública, contemplando os moradores da região de Capuava e Itatuba, que contou com a participação de cerca de 120 pessoas; e no dia 23, a Audiência Pública foi no Jardim Tomé, com a participação de mais de 90 pessoas; essas regiões pertencem à APA Embu Verde. A Prefeitura de Embu, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, apresentou as propostas do governo e acolheu as das comunidades, informando que uma nova Audiência será realizada no dia 9 de junho, onde serão validadas as propostas.

Representantes do Conselho Gestor da APA Embu Verde apresentaram as propostas das comunidades de Itatuba e Capuava que foram elaboradas nas Oficinas realizadas no Parque do Lago Francisco Rizzo, nos dias 30 de abril e 14 de maio, com os arquitetos e urbanistas do Instituto Polis, Kazuo Nakano e Paula Santoro. As propostas confirmam o desenvolvimento do turismo ecológico, rural e cultural, vocação da região por seus atrativos naturais (já apontada no Plano Diretor de 2003), que tem como foco a perspectiva da inclusão da produção local e do turismo de base comunitária, como fatores de sustentabilidade e valorização dos potenciais locais. Vale destacar que o desenvolvimento sustentável por intermédio de diversos Roteiros Turísticos, entre eles, o Roteiro de Ecoturismo e Rural e Roteiro de Bem-Estar fazem parte do programa de governo do prefeito Chico Brito, um projeto arrojado que está sendo desenvolvido pelo Secretário de Turismo, Valdir Barbosa, com a promessa de ser implantado até o final deste ano.

Wilson Nobre, vice-presidente do Conselho Gestor da APA Embu Verde comenta que empreendimentos como Almenat e Hotel Rancho Silvestre empregam mais de 200 pessoas cada um, promovendo qualidade de vida aos funcionários, enquanto que a Pedreira Embu, que no passado foi o grande gerador de emprego em Itatuba, hoje possui somente 180 funcionários com grande potencial de danos à saúde do trabalhador, condição inerente à atividade mineradora de brita. Assim, apesar de haver moradores que defendem a implantação de indústrias na região de Itatuba, a maioria aposta num modelo sustentável que garanta mais qualidade de vida para a população.

Durante a Audiência Pública, Leandro Dolenc, presidente da Sociedade Ecológica Amigos de Embu, protocolou um documento com propostas para o Plano Diretor. Uma delas sugere a criação de um Zoneamento Especial na APA Embu Verde e indica urgência na elaboração do Plano de Manejo para assegurar a sustentabilidade da região; preservar as espécies raras, endêmicas, em perigo ou ameaçadas de extinção; proteger o patrimônio paisagístico, histórico e cultural; compatibilizar o desenvolvimento socioeconômico com a proteção e a recuperação dos recursos naturais, etc.

Durante a Audiência Pública no Jardim Tomé, a jovem Luana Alves apresentou as propostas da comunidade, entre elas a implantação do saneamento básico, pois o esgoto corre a céu aberto, causando prejuízos à saúde dos moradores. Outra grande preocupação é a área da massa falida da Cooperativa Agrícola de Cotia (CAC), localizada entre Embu e Cotia, que está sendo leiloada e possui inúmeras nascentes e matas bem preservadas. O anseio da comunidade é que esta área seja transformada em Parque Ecológico. Moradores também alertaram quanto à formação de bota-foras, que geram grande trânsito de caminhões à noite, causam barulho e trazem para a região materiais que podem infiltrar e contaminar ainda mais a água na região, já tão degradada. O Corredor Empresarial do Jardim Tomé é outro desafio, pois vem causando grandes impactos na região com a supressão da vegetação e enorme movimentação de terra. A comunidade pergunta: como ficará a malha viária com os novos galpões de logística?

Comunidade debate propostas apresentadas pela Prefeitura
Dois pontos apresentados na proposta da Prefeitura de Embu foram debatidos na Audiência Pública de Capuava e Itatuba. A criação de um Corredor Empresarial na Rua Maria José Ferraz Prado (Itatuba), que foi rejeitada. A comunidade indica, como alternativa, concentrar no centro de Itatuba o comércio e serviços, atendendo toda a região. Nesse sentido, também se enfatizou, para Capuava e Itatuba, a necessidade de investimentos públicos para melhorar o centro comercial, com a implantação de saneamento básico, principalmente tratamento de esgoto; creche e novas salas de aulas para as crianças, aumento da capacidade da Unidade Básica de Saúde e implantação de equipamentos sociais de esporte e lazer, que não existem.


O outro tópico apresentado pela Prefeitura trata de uma nova estrada que ligará a Pedreira Embu com a Regis Bittencourt, passando pela divisa Sul do município e pelo Bairro Santa Clara, chegando à Regis Bittencourt, próximo ao trevo de Itapecerica da Serra. A comunidade e o especialista do Instituto Polis, Kazuo Nakano, alertam que apesar da nova estrada desafogar o centro histórico, a Prefeitura terá que fazer um amplo estudo de uso e ocupação do solo naquela região e ficar atenta para evitar ocupações irregulares. Essa nova estrada também terá grande impacto para a fauna, pois dificultará o fluxo de espécies entre a Reserva Florestal do Morro Grande (Cotia) e a APA Embu Verde. Uma estrada nesse local deve considerar passagens de animais.

Embu: Capital da Ecologia
Embu, que é terra das Artes, ainda possui regiões bem preservadas, graças à riqueza de suas matas e mananciais. Na década de 1970 ganhou o título de Capital da Ecologia. Ao logo dos anos, com o crescimento desordenado, a cidade perdeu essa identidade. Mesmo diante de tantos e tão complexos desafios, muitos embuenses vêm lutando para preservar o que Embu ainda tem de belo, visando melhorar a qualidade de vida. Para alcançar a sustentabilidade é preciso buscar empreendimentos que valorizem a cidade, ao mesmo tempo em que ofereçam emprego e aumento de renda. Desenvolver o turismo sustentável é um dos caminhos! A escolha do Brasil para sediar a Copa do Mundo de 2014, assim como a Copa das Confederações em 2013, e as Olimpíadas no Rio de Janeiro em 2016 são oportunidades excepcionais para o desenvolvimento do Turismo brasileiro. Para tanto, é preciso criar as condições necessárias para que tais eventos sejam capazes de consolidar o Brasil como um dos principais destinos turísticos mundiais, aponta o Plano Nacional de Turismo. Afinal, beleza, modernidade e crescimento econômico são interesses que podem conviver em harmonia!

Indaia Emília

17/11/2017

Animais ameaçados por extinção são avistados em Embu das Artes

Um grupo de cerca de 50 pessoas da região de Embu das Artes, município da Grande São Paulo, se...

17/11/2017

Riscos de desastres naturais em SP serão alertados via SMS

A Defesa Civil de São Paulo acaba de adotar uma ação inovadora: a partir do dia 16 de novembro...

06/11/2017

Coleta Seletiva é intensificada em Itapecerica da Serra

Dar uma destinação ao lixo produzido no dia a dia é um dos grandes desafios dos municípios na...

02/11/2017

Mais de 30 pássaros exóticos são achados em porta-malas na Régis em Itapecerica

Mais de 30 pássaros exóticos foram encontrados durante uma fiscalização da Polícia Rodoviária...

26/10/2017

Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano de Taboão abre processo eleitoral

Na última sexta-feira, 20 de outubro, a Prefeitura de Taboão da Serra abriu o processo eleitoral...

23/10/2017

Poluição do ar acidifica oceanos e ameaça vida marinha, diz estudo

Toda a vida marinha será afetada por causa das emissões de gás carbônico, que vêm elevando a...

19/10/2017

1ª Caminhada na APA Embu Verde acontece neste sábado

No próximo sábado (21), Embu das Artes terá a Mata Atlântica como protagonista do primeiro...

09/10/2017

Chuva alaga BR em Taboão, provoca enchente no Record e inunda região da ABA

A tempestade que caiu no final da manhã deste domingo, 8, em Taboão da Serra provocou enchente e...

05/10/2017

Moradores se revoltam com corte de árvores em Embu das Artes

Moradores do centro de Embu das Artes foram surpreendidos nesta semana por uma medida radical da...

18/11/2017

Taboão Plaza Outlet recebe Papai Noel e lança promoção de Natal

No domingo, 26/11, a partir das 14h, o Taboão Plaza Outlet celebrará a chegada do Papai Noel em...

17/11/2017

Taboão terá caminhada pela paz e contra violência às mulheres dia 25 de novembro

O lançamento de uma ampla mobilização para uma caminhada histórica pelo fim da violência contra...

17/11/2017

Representado pelo paulista André Akkari, Poker segue crescendo no Brasil

Um dos esportes mentais mais populares do planeta, o poker cresceu muito de popularidade nas...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.