Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Governo Serra anuncia vinda do Corpo de Bombeiros para Taboão sem convidar prefeitura da cidade

Por Sandra Pereira | 16/11/2009

Corpo de Bombeiros_1.JPG

Corporação será instalada no terreno doado pela prefeitura no bairro do São Judas

A luta de Taboão da Serra para garantir a construção de uma unidade do Corpo de Bombeiros na cidade não é recente. Na última semana, quando o  chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Aluisio Nunes, fez o anúncio esperado há vários anos, de que o Governo do Estado vai construir uma sede do Corpo de Bombeiros em Taboão, a notícia foi amplamente comemorada, especialmente pelos personagens que marcaram a luta pela vinda da corporação.


Entretanto, a atitude do governo tucano de deixar de fora da solenidade a prefeitura da cidade rendeu críticas e causou estranheza. Já que a administração municipal teve papel relevante na conquista e não foi mera coadjuvante  no processo. A postura do governo tucano reforçou as críticas feitas pelas prefeituras da região sobre a falta de diálogo com o governo estadual.


Na reunião que contou apenas com a presença de políticos ligados ao Governo do Estado e à Câmara Municipal de Vereadores, Aluisio afirmou que a obra deve começar ainda neste ano e a expectativa é que a construção tenha início no primeiro semestre de 2010. “Soubemos da notícia pela imprensa”, admitiu a assessoria de imprensa da prefeitura de Taboão.

A luta para que o município tenha seu próprio quartel é antiga. Uma parceria feita em 2007 entre a Associação das Indústrias do Sudoeste de São Paulo (Aissp),  a Associação Comercial e Empresarial de Taboão da Serra (ACE), o Corpo de Bombeiros e a prefeitura garantia a construção da unidade. A prefeitura entraria com o terreno e a Aissp buscaria recursos junto aos empresários para construir a sede.

A prefeitura fez sua parte e doou um terreno na Estrada Cid Nelson Jordano, no bairro São Judas, conforme lei complementar nº171/2008 assinada pelo prefeito Evilásio Farias. A mobilização com as empresas da região arrecadou, segundo divulgação apenas R$ 180 mil e o valor total da obra está estimado em R$ 500 mil. “Durante esses anos, o Governo do Estado não se manifestou, quer aparecer só agora, um ano antes da eleição”, críticou o prefeito Evilásio Farias.

O artigo 2º da lei diz que terreno é destinado exclusivamente à construção de uma unidade do Corpo de Bombeiros pelo Governo do Estado que até então não havia demonstrado interesse em arcar com os custos da obra. De lá para cá, a luta para que a unidade venha para Taboão parecia interminável. A Aissp lançou um campanha para arrecadar fundos para o início da obra, fez reuniões e mobilizou vários segmentos da sociedade.    Apesar dos esforços, muitos empresários não contribuíram e o projeto ficou parado por mais de dois anos.  

Taboão em chamas

A dependência de Taboão da Serra do município vizinho, Itapecerica, para o atendimento em casos de incêndios remete à históricos negativos de acidentes que poderiam ter sido amenizados se existisse uma base da corporação na cidade. Somente em 2008, quatro tragédias assustaram a população. Em julho, um grande incêndio numa casa no Jardim Panorama acabou com a morte de quatro pessoas. Outro susto foi num consultório dentário na Av. Dr. José Maciel, no Jardim Maria Rosa, que apesar da gravidade, não houve vítimas. Em outubro, um galpão foi totalmente destruído pelo fogo e ameaçou residências do Jardim São Miguel.

Com informações da prefeitura de Taboão

Laércio Lopes

Não faço questão que apareçam nomes, mas não acho certo esquerecerem da entidade Associação Comercial e Empresarial de Taboão da Serra que tambem fez parte desta luta Obrigado

ANTUNES

O que está em jogo é o benefício à população ou a política? Acho tudo isso um absurdo. Ninguém quer saber se foi a prefeitura ou o governo do estado que trouxe os bombeiros. A população quer é que a coisa aconteça. Esse povo tá mais preocupado em aparecer do que qualquer outra coisa. Hipócritas e politiqueiros são o que são.

27/04/2017

Justiça concede liminar para tentar barrar greve geral em ônibus e metrô

Numa tentativa clara de barrar a greve geral contra as reformas da Previdência e Trabalhista,...

27/04/2017

Câmara aprova proposta de reforma trabalhista; texto segue para o Senado

Após quase 14 horas de sessão, a Câmara dos Deputados concluiu, na madrugada desta quinta-feira...

26/04/2017

Vereadora Priscila Sampaio fará pedágio contra o jogo Baleia Azul em Taboão

Preocupada com a disseminação do trágico jogo virtual baleia azul, que já levou vários...

26/04/2017

Vereadores de Taboão aprovam regulamentação do uso da sede da Câmara Municipal

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade na sessão desta terça-feira, 25,...

26/04/2017

Senado aprova em 1º turno fim do foro privilegiado de políticos e autoridades

Senado aprovou nesta quarta-feira (26), em primeiro turno, a proposta de emenda à Constituição...

26/04/2017

Temer decide cortar ponto de servidores que entrarem em greve

O presidente Michel Temer decidiu que cortará o salário dos servidores que participarem da greve...

25/04/2017

Bom Prato de Taboão começa a funcionar nesta quarta (26) com almoço a R$ 1,00

O prefeito de Taboão da Serra, Fernandes Fernandes Filho, anunciou no começo da noite desta...

22/04/2017

Taboãoprev presta contas de 2016 em audiência da Comissão de Finanças da Câmara

A Autarquia Previdenciária do Município de Taboão da Serra (Taboãoprev) realizou prestação de...

21/04/2017

Câmara de Embu aprova multa a pichação, criação da Romu e título a Fábio Teruel

Os vereadores de Embu das Artes aprovaram nesta quarta-feira, dia 19, aplicação de multa a...

27/04/2017

Justiça concede liminar para tentar barrar greve geral em ônibus e metrô

Numa tentativa clara de barrar a greve geral contra as reformas da Previdência e Trabalhista,...

27/04/2017

Câmara aprova proposta de reforma trabalhista; texto segue para o Senado

Após quase 14 horas de sessão, a Câmara dos Deputados concluiu, na madrugada desta quinta-feira...

27/04/2017

Taboão começa a elaborar Plano de Mobilidade em audiência pública no Cemur

Atendendo a Política Nacional de Mobilidade Urbana e a Lei 12.587/2012, que estabelece a...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.