Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Dengue é tema de palestra em Embu

Por | 7/04/2011

embu_1

Karen SantiagoChico Brito elogia parceria com a CRECI - SP, no combate a Dengue

Em estado de alerta pelos 131 casos de Dengue registrados na cidade de Embu das Artes em 2010, sendo 87 autóctones e 44 importados, o Conselho Regional dos Corretores de Imóveis de São Paulo (CRECI – SP), em parceria com o Governo de Embu, realizou nesta quinta-feira, dia 7 de abril, no Centro Cultural Mestre Assis, a palestra “Mobilização Social contra a Dengue”, com objetivo de explicar sobre a doença, mostrar dados, orientar como evitar novos casos e eliminar criadouros.

Antes de iniciar a palestra, Chico Brito, prefeito da cidade e Sandra Magali, secretaria de saúde, avaliaram como positiva a parceria firmada com a CRECI – SP, pois, segundo eles, eles podem ser aliados no combate a dengue ao verificar e eliminar os possíveis focos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da doença, em casas que ficam fechadas em virtude de estarem à venda ou locação.

“Ninguém consegue fazer nada sozinho, o desafio de juntar as pessoas é muito difícil, por este motivo o nosso grande desafio é transformar a informação em mudança de comportamento. Todo mundo sabe que deixar caixa d’ água aberta e também água parada forma criadouro, mas sempre jogam a responsabilidade no outro, por isso, esse comportamento precisa ser mudado”, afirmou Chico Brito.

Sandra Magali ressaltou que pelo apoio recebido do prefeito e pela luta do governo da cidade, os agentes da zoonoses tem trabalhado arduamente para evitar novos criadouros e casos de Dengue na cidade. “Esse trabalho é para fechar esse ano com poucos casos, até agora registramos três casos confirmados (dois no Vista Alegre e um no Jd. Santo Eduardo), tudo está indicando que fecharemos o ano com poucos casos, no mesmo período de 2010, a cidade registrava oito casos”, observou.

A palestra ministrada para cerca de 40 pessoas por Rosana Panachão, coordenadora da Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde abordou o que é a dengue, como a doença é transmitida, criadouros, como prevenir, sintomas e ainda esclareceu as formas de contágio.

 “Por ser uma infecção causada por vírus de quatro sorotipos: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4, a pessoa que já foi infectada com o vírus pode ter dengue mais de uma vez, por este motivo, ela não fica imunizada dos outros sorotipos, como é o caso do novo DEN-4, que pode ser mais forte naquela pessoa que já foi infectada por outros sorotipos”, detalhou.

Saiba como não contrair a Dengue

A dengue é transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti infectado. A fêmea pode colocar até 200 ovos por vez e as larvas saem e de cinco a sete dias se transformam em mosquitos na fase adulta. Mas não basta retirar a água o local tem que ser limpo, pois os ovos resistem, por até um ano, aderidos à parede do recipiente. “A Fêmea pica durante o dia, a noite o mosquito dorme”, ressaltou Rosana Panachão.

Por isso é importante redobrar o cuidado para não permitir que objetos do dia-a-dia tornem-se criadouros do mosquito como os recipientes que acumulam água. Lembre-se, não basta retirar a água, tem que mantê-los limpos. As caixas d’água devem ser mantidas fechadas e colocar telas no “ladrão”. Quando utilizar tonéis para armazenar água, não se esqueça de mantê-los fechados e procure limpá-los semanalmente.

As calhas entupidas e lajes também podem ser grandes criadouros. É importante verificar periodicamente esses locais e remover a água acumulada. Os pratinhos de plantas devem ser limpos semanalmente ou colocar areia até a borda. Já para as plantas aquáticas, os vasos devem ser lavados com água e sabão, utilizando uma escova, ao menos uma vez na semana. E por fim, manter os sacos de lixo fechados e as lixeiras tampadas que impede, ainda, a aproximação de outros animais que podem trazer doenças como os ratos. “Em Embu os locais que são comuns para os criadouros são as caixas d’ água, ralos, piscinas e pratinhos”, finalizou.

Veja os sintomas da dengue:
• Febre alta
• Dor de cabeça
• Dor atrás dos olhos
• Dor no corpo e nas juntas
• Manchas vermelhas pelo corpo

Em caso de suspeita de Dengue não deixe de ir ao Pronto Socorro ou Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência.

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.