Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

Vereadores cobram melhorias na educação

Por Sandra Pereira | 14/03/2011

itape

ArquivoVereadores pedem fim das salas de lata na cidade e cobram melhorias

A educação em Itapecerica da Serra está sendo alvo constante na câmara municipal da cidade. Os vereadores têm feito questionamentos constantes sobre falta de vagas, os vencimentos dos trabalhadores da educação, e, mas recentemente a existência de salas de lata na cidade.
 
Na sessão da quinta-feira (10) os vereadores Clóvis Pinto (PSDB), José Maria (PT), Jonas Feijó (PTB), João Miranda  (PSB) e Regina Corsini (PSDB) apresentaram um requerimento cobrando o fim das escolas de lata na cidade e a construção de novas salas de aula na escola municipal Patativa, localizada no Jardim Jacira.
 
O debate em torno das escolas de latas na cidade nasceu na sessão anterior quando  o vereador José Maria revelou na tribuna que havia sido procurado por pais de alunos que reclamaram das más condições e do calor nas salas de lata.
 
“Essa situação é absurda a cidade precisa dar um resposta urgente aos moradores e acabar com essas salas de lata”, disparou o vereador petista.
 
Ele chegou a cobrar do vice-prefeito de Itapecerica, Antônio Trolesi, segundo ele, responsável pela pasta da educação, uma solução definitiva para a questão. “A educação tem um orçamento tem R$ 60 milhões e não consegue atender bem a nossa população. Isso está errado. Acredito que o Trolesi como político atuante na cidade deveria agir diferente”, provocou.
 
Clóvis Pinto, que já foi secretário municipal de educação na cidade também fez a cobrança com base no orçamento da educação, que segundo ele dispõe de recursos suficientes para por fim às salas de lata da cidade. “O orçamento é bom, dá para fazer”, observou.
 
No requerimento assinado pelos vereadores a justificativa para acabar com as salas de lata é a de que as mães reclamam que os filhos temem os raios nos dias chuvosos e reclamam do calor quando faz sol.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.