Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Taboão debate saúde em audiência pública

Por Assessoria de Imprensa da Câmara de Taboão | 3/03/2011

audiencia

Eduardo Toledo | DivulgaçãoDurante a audiência foi apresentado o balanço das ações da saúde na cidade e gasto da prefeitura com o setor

A primeira reunião da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Taboão da Serra aconteceu nesta sexta-feira, dia 25. Durante a audiência pública, foi apresentada, pelo secretário de saúde José Alberto Tarifa, a prestação de contas do último quadrimestre de 2010. Cerca de 70 pessoas acompanharam os trabalhos que aconteceram no plenário com a presidência do vereador Carlos Andrade.

Atendendo a um dispositivo da Constituição Federal que prevê a prestação de contas em uma audiência pública, o secretário José Alberto mostrou os valores gastos na área, o número de atendimentos, cirurgias, atendimentos, procedimentos médicos e até mesmo os dados referentes da doação de kits de diabetes e outros programas da secretaria.

Participaram da reunião os vereadores Carlos Andrade, Wagner Eckstein, Arnaldo, Alexandre Depieri, Cido, Natal e Paulo Félix, além de funcionários da saúde, conselheiros e moradores. “Essa participação é muito importante para nós que podemos debater a questão da saúde e ouvir a opinião de cada um”, disse Carlos Andrade que assumiu a presidência da Comissão em fevereiro.

Uma das principais cobranças dos conselheiros da saúde foi em relação a organização e impressão de um cartilha com todos os serviços disponíveis na cidade na área da saúde. O secretário José Alberto afirmou que a cartilha já está sendo elaborada. “O número de informações é muito grande, queremos fazer algo resumido, onde a pessoa possa consultar sempre que for preciso”.

O secretário de saúde também esclareceu que a redução no número de partos realizados na maternidade do Antena aconteceu por causa da reforma no local. “Hoje estamos realizando em média 50 partos por mês, o restante está sendo feito pelo HGP. Quando a reforma terminar, dentro de alguns dias, o número de atendimento voltará ao normal”, afirmou.

Entre os assuntos da audiência, a questão das vagas no Hospital Geral do Pirajuçara e a central reguladora de vagas foram os mais  debatidos pelos vereadores e público presente. José Alberto também explicou que a dificuldade para se contratar médicos faz com que a prefeitura tenha que abrir diversos concursos públicos.

A próxima audiência pública da saúde acontece em maio.

Texto: Eduardo Toledo

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.