Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Itapecerica está em guerra com empresas

Por Sandra Pereira | 27/02/2011

ita

Sandra PereiraVereadores de Itapecerica estão na cola das empresas prestadoras de serviço na cidade

Depois da Sabesp e da Eletropaulo agora a Telefônica está na mira da câmara Municipal de Itapecerica da Serra. Os 12 vereadores da cidade assinaram um requerimento no dia (24) pedindo que seja cobrado à empresa melhoria na prestação do serviço do Speed e a regularização dos problemas nas linhas telefônicas do município.

De acordo com relatos dos vereadores os problemas com a Telefônica na cidade são graves. Eles relataram até mesmo que existem linhas  telefônicas instaladas em endereços num endereço e funcionando em outro. Além disso, eles reclamaram que  os números são modificados aleatoriamente e sem qualquer aviso prévio aos usuários.

O presidente da casa, vereador Chuvisco, contou que a linha telefônica de sua casa funciona há mais de um ano na residência de outra pessoa. Ele relatou que desde então luta para resolver o problema, mas, até o momento não teve sucesso.
Os vereadores sugeriram que a empresa seja oficializada para prestar esclarecimentos sobre o serviço na cidade. A empresa é a terceira no ranking de reclamação dos usuários da cidade.

Frequentemente a equipe do Jornal na Net recebe denúncias de moradores da cidade prejudicados com a interrupção do serviço do Speed. Eles reclamam que o serviço é caro e ineficiente na cidade e questionam o monopólio da Telefônica na região.

ADRIANO

Gilberto,tenho a mesma idéia que o senhor,só que infelizmente nem vi esse dvd,assim que abri o iptu,já foi jogado no lixo. Já imaginava um monte de mentiras,é assim mesmo. Agora cobrar pelo serviço que citou,é caso de policia isso.

Gilberto Morais - Pastoral fé e Política

O DVD DO IMPOSTO QUASE ME DEIXA MALUCO Eu não sei se todo mundo assistiu a este DVD, eu vi e confesso fiquei fascinado com a Cidade que foi apresentada, viajei nos meus pensamentos, pensei comigo quero morar numa Cidade dessa, um lugar perfeito pra se criar filhos, pra viver, enfim um lugar admirável, ecologicamente correto, assim que terminou o “filme”, não percebi o nome da Cidade, pensei comigo fiquei tão emocionado que nem me dei conta, resolvi assistir novamente ai sim veio a surpresa era de Itapecerica que se tratava o vídeo. Nossa neste instante, tomei um grande susto, não é possível eu devo ter adormecido alguns anos, pra não ver tudo isso acontecer. Todo orgulhoso de minha Cidade e dos Políticos locais fui conferir, confesso eu estava muito feliz e emocionado, iniciei pela Gleba 7 e vi ruas esburacadas, esgotos sendo jogados numa mata linda, praças cheia de sujeiras e com matos enormes, comecei a desconfiar que eu estava ficando louco, não é possível. Bom, fui então ao CEM ( centro de especialidades médicas) que decepção, não era o que eu havia visto no DVD, pois havia lá muita gente humilde cansadas de esperar,uma demora no atendimento, pensei vou pra Igreja preciso ir a missa, porém ao passar pelas Avenida 9 de Julho, AV Itália e Rua Mongólia percebi de vez que aquele DVD me enganou, quanto buraco,quantos caminhões, não é possível algo estava errado, mudei meu percurso pois vi um terreno com um matagal enorme e jorrando esgoto, pensei vou até a Prefeitura vou avisar para que eles possam avisar ou notificar o dono do terreno, mas quem disse que havia acabado minhas surpresas, para que eu pudesse relatar este fato eu deveria pagar uma taxa para que ai sim eles enviassem um fiscal ao local, é mais ou menos como se ao percebemos um assalto e ao ligarmos para a Delegacia o Policial ao atender dissesse só enviarei uma viatura se o senhor pagar a taxa antes. É claro desisti, não acho justo pagar para informar, novamente pensando fui parar na Câmara Municipal eu queria avisar aos Vereadores sobre esta TAXA com certeza eles não devem saber sobre ela, é minha gente tem dia que realmente parece ser noite, me disseram que isto é LEI M-U-N-I-C-I-P-A-L, bom eu estava na casa de Lei, perguntei porque não acabar com esta Lei absurda, a resposta foi...é difícil, estamos pensando,vamos ver. Vamos ver? ah não vou embora chega por hoje,mas ao sair da Câmara encontrei um amigo morador do Bairro do Jacira, eu todo feliz por ele o parabenizei, ele meio sem saber o porque sorriu e me perguntou o porque do parabéns eu disse vocês agora tem um Pronto Socorro novinho funcionando a todo vapor ao contrário de nós do Parque Paraíso, eu percebi sua face entristecendo ele cortou logo o assunto e me disse que o Pronto Socorro não funciona e que era justamente isso que ele veio cobrar. Bom, já muito decepcionado comecei retornar, mas resolvi apreciar a cultura e fui ao Barracão cultural, de novo não, aquilo daquele jeito parece que houve um terremoto, desisto vou procurar um médico realmente devo estar maluco, fui ao Posto de Saúde mas o médico não estava, prontamente pedi emprestado o telefone, vou denunciar este médico, mas o telefone estava CORTADO,não é possível, agora ninguém nem meus pensamentos me seguram,decidi vou embora. Mas eu já havia realizado umas trezentas cópias do DVD para enviar a Câmara Federal e ao Senado, para mostrar pra eles que aqui sim que é lugar de Político bom, de político correto e que aqui não existe político corrupto, infelizmente vou ter que arcar com o as contas destes DVD´s, assim como os que chegaram em minha casa. Aliás, este DVD deveria ter vindo com a seguinte indicação: ESTE DVD É CONTRA INDICADO A ADMIRADOR E PRATICANTE DA VERDADE Gilberto Morais – Pastoral Fé e Política.

ADRIANO

QUANDO SE TRATA DO ASSSUNTO DE UM SIMPLES MORADOR,NÃO APARECE UM DOS RESPONSÁVEIS PRA COMENTAR! É ASSIM MESMO,POR ISSO ESSE LUGAR ESTÁ DESSE JEITO. BOTA FORAS,CRIME AMBIENTAL,FALTA DE ÁGUA,PROBLEMAS COM A ELETROPAULO,CASAS QUE SÃO ENTREGUES SEM O PADRÃO DE ENERGIA,TRANSPORTE É UM LIXO,MATO TOMANDO CONTA DE UM MONTE DE LUGAR ETC.. MAS JÁ TEM VEREADOR SE RASTEJANDO PELO PARQUE PARAISO,SERÁ QUE É A TRABALHO?????

edil

É Adriano! Cobrar de grandes empresas é importante sim! E também dá mais repercussão! Parece que estão trabalhando mais. Só que neste caso o trabalho é cobrado de terceiros! Agora tirar o lixo da sua porta é trabalho interno e é melhor ir passando de um em um afinal que repercussão vai ter isso, um simples morador reclamando de um inofensivo lixo de toda a vizinhança em sua porta? E cá pra nós como pode uma pessoa ser responsável um ano pelo lixo e no outro pelo esporte? Só por Deus! Política pura! Eu acho que você deveria cobrar uma taxa pelo lixo, assim seus vizinhos teriam um pouco de senso e quem sabe o pessoal da prefeitura rapidamente tomaria uma providência! Afinal vc estaria criando um nicho de mercado.

Adriano

Acredito que os senhores vereadores acompanham esse jornal respeitadíssimo. Afinal com essas informações de que os senhores estão"empenhados"wm resolver questôes com essas empresas prestadoras de serviço,tudo bem que essa briga será em vão. Já que todas as citadas são um um grande monopólio,do qual nem os maiores orgãos que brigam pelo direito do consumidor conseguem mudar nada. É uma pena,mas imagina se uma prefeitura como a nossa conseguirá algo,com todo respeito claro! Mas cada um no seu quadrado,nem o governo federal conseguiu retirar essa assinatura,será que os vereadores de um municipio com 250 mil habitantes consiga reivindicar melhorias no serviço??? Só espero que não seja com outro intuito que isso ocorra com grande frequência somente agora,cada um tire a conclusão que quiser. ___________________________________________ Mas já que os senhores estão preocupados com as melhorias do povo,poderiam observar o meu caso. Já a mais de um ano,tento sem solução reverter o problema do lixo na frente de casa. Parece brincadeira,mas isso se arrasta a 14 meses,já busquei tudo que é possível se tratanto da prefeitura,mas infelizmente ninguém se mexeu com vontade de resolver. O secretário do prefeito senhor,Cleber bernardes,atual de esporte,apareceu em casa,não sei pra que,já que a brilhante idéia foi construir"lixeira comunitária". O que infelizmente ele não sabe,é que isso não se faz em frente a terreno particular. Quem sabe agora na secretária de esportes,ele possa aprender um pouco mais. O responsável pelo setor limpeza,conhecido como professsor,foi em casa no mês setembro. Disse que se reuniria com o pessoal,notificaria os moradores para que cada um construise sua lixeira,mas não o fez também. Quando enviaram uma solução,foi a lixeira comunitária na casa de um vizinho,que prontamente também recusou a construção. Quando indagado o professor responsável pelo setor de limpeza,disse que proibi que fosse feita. Mentira,assim como a que ele contou a mim que faria a notificação quanto aos moradores. Já que os senhores vereadores estão tão empenhados na melhoria dos serviços prestados,deveriam olhar também a minha questão. Já 14 meses,quem sabe deu tempo de buscar uma solução,tentar resolver essa questão apenas quando começar eleição pra mim não dá. Muitos bicos e sábios aparecem pra dar solução,mas infelizmente não sabem de nada. Deveriam ter um entendimento maior sobre legislação,setores poderiam ter um pouco mais de vontade pra atender as pessoas. Não buscar idéias ridiculas pra resolver a questão,se precisar construir uma garagem na frente,devo chamar quem pra levantar o carro??? Será que chamo o super man,ou o jorginho?? Adriano,rua bogotá,parque paraiso. É um absurdo conviver com o lixo na porta de casa,e ninguém se prontificar a resolver. Muita propaganda,mentira de funcionários e nenhuma solução. Se estiver mentindo,que alguns dos citados se mantifestem contrários ao que disse,senão,resolvam meu problema!!

22/04/2017

Taboãoprev presta contas de 2016 em audiência da Comissão de Finanças da Câmara

A Autarquia Previdenciária do Município de Taboão da Serra (Taboãoprev) realizou prestação de...

21/04/2017

Câmara de Embu aprova multa a pichação, criação da Romu e título a Fábio Teruel

Os vereadores de Embu das Artes aprovaram nesta quarta-feira, dia 19, aplicação de multa a...

21/04/2017

Câmara aprova requerimento contra demora na reconstrução do muro

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade, na sessão da terça-feira, 18,...

20/04/2017

Secretaria da Fazenda deposita 289 milhões em repasses de ICMS

As cidades de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica receberam do governo do estado à...

18/04/2017

Alckmin assina convênios que permitem polícia acessar sistemas da Anatel

O governador Geraldo Alckmin autorizou nesta terça-feira, 18, o início da operacionalização da...

16/04/2017

Comissões de Finanças e de Transporte da Câmara de Taboão terão Audiência

As comissões de Finanças e de Transporte da Câmara Municipal de Taboão da Serra vão realizar...

15/04/2017

Presidente da Câmara de Taboão recebe presidente do Legislativo de Embu

A presidente da Câmara Municipal de Taboão da Serra, vereadora Joice Silva, recebeu numa visita...

13/04/2017

Partidos devem entregar prestações de contas de 2016 até 30 de abril

Os 35 partidos políticos com registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) devem entregar à...

13/04/2017

416ª Zona Eleitoral pede ajuda da Câmara para incentivar cadastro de biometria

Para evitar as longas filas que se formam no período que antecede as eleições, e, ao mesmo tempo...

13/04/2017

Prefeito Jorge Costa assina convênio fruto de emenda da deputada Analice

O prefeito de Itapecerica da Serra Jorge Costa esteve no Palácio dos Bandeirantes para...

25/04/2017

Conseg Monte Alegre fará reunião no Intercap para debater segurança na região

Instrumento importante de participação popular em favor da Segurança Pública a reunião mensal da...

25/04/2017

Embu das Artes terá palestra gratuita sobre conservação de animais silvestres

No próximo dia 29 de abril, o município Embu das Artes, na Região Metropolitana de São Paulo,...

24/04/2017

Dr. Alcionei Miranda reage a assalto em sua casa e leva tiro na perna

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio de Embu das Artes, advogado...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.