Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cultura

Paróquia N.S. dos Prazeres faz 170 anos

Por Departamento de Comunicação da Prefeitura de Itapecerica da Serra | 21/02/2011

paroquia

Prefeitura de Itapecerica da Serra Paróquia de Nossa Senhora dos Prazeres é mais tradicional de Itapecerica da Serra

A manhã muito ensolarada do último domingo, 20 de fevereiro, atraiu cerca de cinco
mil fieis para comemorar, com uma Missa campal, os 170 anos da Paróquia de Nossa
Senhora dos Prazeres, no Largo da Matriz – Centro de Itapecerica da Serra.

A Missa foi celebrada pelo Bispo da Diocese de Campo Limpo, Dom Luiz, e contou
com a presença de aproximadamente 20 padres da Diocese de Campo Limpo, entre eles
Padre Alberto Gambarini e Padre Alexandre Matias, anfitriões da festa.

A capela de Nossa Senhora dos Prazeres foi elevada à Paróquia no ano de 1941, assim
comemorando, em 2011, 170 anos. Durante a missa foram homenageados: Laurentina
Pereira (Tia Lalá), que trabalha na Paróquia há 53 anos, e Padre Renato, ex Pároco de
Itapecerica da Serra, hoje com 90 anos, presente à celebração. Uma procissão pela praça
finalizou o evento.

Também participaram da Missa dos 170 anos da Paróquia de Nossa Senhora dos
Prazeres as seguintes autoridades: vice-prefeito Antonio Trolesi; secretária de
Educação, Irani Roschel; secretário de Esportes, Cleber Bernardes; coordenador
municipal da Defesa Civil, Maurício Rocha; assessor especial da Secretaria de Turismo,
Carlos Nery; vereador José de Moraes e presidente da Câmara dos Vereadores,
Amarildo Gonçalves (Chuvisco).

“É muito importante participar de uma celebração dessas, são 170 anos de paróquia.
Itapecerica da Serra nasceu em volta da antiga capela, hoje Santuário, e a quantidade de
pessoas hoje reunidas nesta praça mostra a importância dessa Igreja para a nossa cidade.
Estou realmente muito feliz e emocionado”, disse Chuvisco.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.