Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

Embu e Itapecerica devem receber R$ 34 milhões como contrapartida pela obra do Rodoanel

Por Sandra Pereira | 30/10/2009

8.jpg

Próximo ao canteiro de obras em Itapecerica natureza agoniza 


Embu das Artes e Itapecerica da Serra têm para receber juntas do governo do Estado a expressiva soma de R$ 36 milhões para serem investidos como contrapartida pela construção do trecho sul do Rodoanel Mário Covas. O projeto prevê que seja destinado a Itapecerica R$ 24 milhões e ao Embu R$ 14 milhões. Até o momento não há uma previsão de quando as cidades vão receber os repasses, mas o que se sabe é que antes do término das obras a primeira parte dos recursos deve ser repassada.


Itapecerica leva uma quantia maior porque o impacto ambiental na cidade está sendo devastador. A natureza está pagando um preço alto pela obra na cidade. Na região do Branca Flor a devastação ambiental é visível até para os mais leigos no tema.
“Na próxima semana estamos indo cobrar da Dersa as compensações”, sustenta o prefeito Jorge Costa.


Ele criticou a forma de administração do Parque da Várzea proposta pelo governo do Estado. Jorge Costa avaliou que o custo de manutenção do parque é muito elevado para os municípios bancarem sozinhos. “A manutenção vai custar em torno de R$ 300 mil mensais. É muito alto. Essa forma de construir o parque para a gente bancar a manutenção está errada”, ponderou.


Quem também está acompanhado de perto toda essa discussão é o prefeito Chico Brito. Ele também teme que o Rodoanel seja concluído sem que as obras mitigatórias também sejam. “Vamos cobrar a Dersa até que essas obras sejam concluídas. As cidades estão sofrendo muito com o impacto da obra é preciso que haja uma compensação”, avalia.


Com freqüência a população reclama que  diversas áreas de várzeas estão sendo aterradas tanto na região do rodoanel, como em outros locais. A maioria de  difícil recuperação em função da distância da obra, provocados por descartes de terra e entulhos retirados do local.


Itapecerica e Embu tem quase 100% do seu território em área de proteção de mananciais. As cidades estão amargando um impacto nunca visto por causa da obra. Os problemas de infraestrutura são grandes, porém, tornam-se pequenos quando comparados ao impacto ambiental. Quem visita as imediações do canteiro de obras tem uma pequena noção do que acontece no local: desmatamento, assoreamento de rios e córregos, destruição de mata, morte de animais ameaçados de extinção estão entre os principais problemas.


De acordo com o governo do Estado, para a implantação do Trecho Sul foi adotado um dos projetos mais avançados do mundo em termos de preservação do meio ambiente. São 26 programas ambientais, voltados para a preservação da flora, da fauna e do patrimônio arqueológico, histórico e cultural, de apoio à proteção e recuperação de mananciais, de monitoramento da qualidade da água, do ar e de ruídos e de atendimento a emergências ambientais durante a construção. Também serão criadas unidades de preservação e parques ao longo do traçado.

24/04/2018

Prefeitura de Itapecerica realiza plantio de árvores na Praça Marilene Benedicta

A Prefeitura de Itapecerica da Serra, através da Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente,...

23/04/2018

Taboão está entre as melhores cidades no ranking de saneamento básico

Foi lançado na última quarta-feira (18) pelo Instituto Trata Brasil e em parceria com a GO...

19/04/2018

Os planos de expansão da pedreira em Itapecerica da Serra:como afeta a população

A pedreira localizada no bairro de Itaquaciara, ao sul de Itapecerica da Serra, município da...

09/04/2018

Prefeitura de Itapecerica reabrirá Parque da Represinha no próximo dia 12

A Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente, junto com Autarquia de Saúde da Prefeitura de...

28/03/2018

Temporal provocou alagamentos e deixou trânsito caótico em Taboão da Serra

As águas de março chegaram e, com ela, os problemas para quem precisa transitar pela Rodovia...

26/03/2018

Eleição para conselheiros da APA Santa Tereza tem inscrições abertas até 17/4

O Conselho Gestor de Área de Proteção Ambiental (APA) Santa Tereza, informa que a eleição para...

25/03/2018

Chuva que caiu em Taboão esta tarde causou alagamentos na Régis Bittencourt

A chuva que atingiu a cidade de Taboão da Serra na tarde desta terça-feira, dia 27, causou...

22/03/2018

Após risco de febre amarela, Cemucam será reaberto dia 30

A Secretaria do Verde e do Meio Ambiente da Prefeitura de São Paulo vai reabrir, em 30 de março,...

21/03/2018

Mudanças climáticas aumentam disputas judiciais por água e desafiam juízes

Em todo o mundo, juízes se deparam com a díficil tarefa de conciliar a aplicação de leis com a...

16/03/2018

Embu das Artes realizará neste domingo 18 o II Plantio Global

A Sociedade Ecológica Amigos de Embu em parceria com a Prefeitura de Embu das Artes irá realizar...

25/04/2018

Assaltantes voltam a jogar pedras em ônibus e caminhão na Régis Bittencourt

Um bando de criminosos não identificados voltou a atirar pedras contra ônibus, caminhões e...

24/04/2018

Cresce a participação dos homens nas tarefas domésticas, diz IBGE

Os cuidados com a casa e a distribuição de afazeres domésticos continuam desiguais no Brasil....

24/04/2018

Maioria dos brasileiros até 14 anos vivem em situação de pobreza

Mais de 40% de crianças e adolescentes de até 14 anos vivem em situação domiciliar de pobreza no...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.