Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Obras da Avenida Armando Andrade serão realizadas com verbas do PAC 2

Por Prefeitura Municipal de Taboão da Serra | 1/02/2011

av1

Marcelo ValladãoAvenida Armando Andrade permanecerá com interdição parcial até execução das obras

As fortes chuvas que estão caindo sobre a cidade nos últimos dias têm causado muitos problemas. Na av. Armando Andrade, por exemplo, parte da via cedeu e comprometeu a segurança dos pedestres, ciclistas e motoristas e ficará parcialmente interditada por cerca de cinco meses.

“A execução da obra está prevista para ser concluída ainda no primeiro semestre de 2011, em cerca de um mês e meio devemos terminar o processo de licitação”, informa o Secretário de Obras, Infraestrutura e Serviços Urbanos, Ricardo Rezende.

O secretário afirmou ainda que, “esta obra de proteção às margens do córrego deverá ter uma durabilidade longa, em torno de 30 a 40 anos, os recursos são provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento-2, do Governo Federal e já está garantido junto à Caixa Econômica, falta só o processo de licitação”.

O sentido bairro-centro da via já foi liberado, caso não haja novas chuvas fortes não deverá ser interditado, o sentido centro-bairro continuará interditado até que a obra seja realizada.

Obra da Prefeitura resistiram às chuvas

A Prefeitura de Taboão da Serra informa que realizou na Av. Armando Andrade, em 2005, obras de canalização do córrego naquele trecho e que não utiliza o muro de gabião armado – utilizado anteriormente na primeira canalização, que cedeu com a última chuva. “Nossa política de canalização não utiliza este tipo de recurso e sim realizamos um trabalho semelhante a uma parede de concreto, mais resistente neste caso.

A obra com o muro de gabião armado, banida em nossa gestão, acaba tendo o arame, que segura as pedras, corroído pela ação da água de esgoto”, explica o secretário Ricardo Rezende.
Muro Gabião – Preferência do Estado e do Governo Anterior

Obra da gestão anterior na av. Armando Andrade utilizou o Muro Gabião (pedras acondicionadas com arames). Esse tipo de procedimento também é preferência do Governo do Estado, até mesmo nos piscinões, porém seu uso não pode ser indiscriminado e a falta de um estudo mais aprofundado pode comprometer a durabilidade da obra, como aconteceu na importante via em Taboão da Serra, demonstrando o descaso de alguns governantes com o dinheiro público.

Texto e Foto: Marcelo Valladão

24/04/2018

Prefeitura de Embu economiza 85 mil litros de combustíveis

O Governo de Embu das Artes vem realizando diversos cortes em seus custos e otimizando seus...

19/04/2018

Entra em vigor lei que aumenta pena para motorista embriagado

Entra em vigorar n

17/04/2018

Detran-SP cria aplicativo que permite que se faça indicação de condutor com self

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) lançou um aplicativo que permite ao...

15/04/2018

Câmara Municipal debate segurança para vans escolares em Taboão da Serra

A Comissão Permanente de Segurança Pública da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na...

12/04/2018

Assaltantes jogam pedras em veículos que trafegam na BR para forçar parada

Criminosos jogaram pedras contra ônibus, caminhões e carros que trafegam pela rodovia Régis...

11/04/2018

Sobreviventes de acidente da Régis serão ouvidos pela polícia no hospital

Os três sobreviventes do acidente ocorrido na madrugada da última segunda-feira 9, na Rodovia...

09/04/2018

Acidente de carro com 6 ocupantes bateu, capotou e deixou 3 mulheres mortas

Um grave acidente deixou pelo menos três mortos e três feridos na madrugada desta segunda-feira,...

29/03/2018

Régis Bittencourt terá operação especial para feriado de Páscoa na BR-116 SP/PR

A Arteris Régis Bittencourt, concessionária que administra a BR-116 entre São Paulo e Curitiba,...

24/04/2018

Cresce a participação dos homens nas tarefas domésticas, diz IBGE

Os cuidados com a casa e a distribuição de afazeres domésticos continuam desiguais no Brasil....

24/04/2018

Maioria dos brasileiros até 14 anos vivem em situação de pobreza

Mais de 40% de crianças e adolescentes de até 14 anos vivem em situação domiciliar de pobreza no...

24/04/2018

Redução de peso pode evitar 15 mil casos de câncer por ano no Brasil

Estima-se que pelo menos 15 mil casos de câncer por ano no Brasil, ou 3,8% do total, poderiam...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.