Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Reclamações sobre qualidade da água entregue pela Sabesp continua em Taboão

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 21/03/2019

DivulgaçãoA situação do fornecimento da água já foi parar na Câmara Municipal de Taboão

Curta o Jornal Na Net no Facebook e acompanhe as principais notícias da região! 

Há mais de um mês os moradores de Taboão da Serra vêm enfrentando um grande problema com o fornecimento hídrico feito pela Sabesp. A água, segundo alegam, continua saindo com coloração barrenta das torneiras e o assunto já foi parar até na Câmara Municipal de Taboão.

“Olha a situação da água que tem saído da torneira aqui em Taboão”, disse um morador da rua Manoel Ferreira Torres, no Jardim Santa Cruz. “Eu vi que tem um monte de gente reclamando também. Você paga tão caro para ter um serviço e o serviço não funciona”, afirmou também.

O rapaz ainda disse que na casa de sua sogra, na mesma rua em que ele mora, a situação é a mesma.  O problema em Taboão já foi relatado no Jornal Na Net no Jardim Margarida e no Jardim Clementino, mas pessoas de outros bairros também comentaram nas redes sociais do site informando que a água que estão recebendo também está amarela.  

A reportagem entrou em contato com a Sabesp e passou os endereços de onde as reclamações foram feitas. A empresa deslocou uma equipe técnica aos locais e informou que em um deles " neste dia, a água não apresentava problemas”. A companhia também disse que “realizou testes de água no local e, posteriormente, em laboratório”. O resultado deste último, porém, não foi informado. O outro imóvel, segundo alegaram, foi visitado, mas “a moradora estava ausente no momento”.

Embora diversas denúncias já tenham sido feitas, tendo fotos que as comprovem, a companhia sempre quando procurada pela reportagem informou que a água não apresentava problemas. A situação foi tão comentada na cidade no último mês que o assunto foi parar na Câmara Municipal do município e alguns vereadores cobraram explicação da empresa.

“Quero mostrar a minha indignação pela má qualidade da água que a Sabesp está fornecendo para a nossa cidade. Não é certo, não é correto. Nós pagamos caro, pagamos a água e a coleta de esgoto que às vezes nem tem”, afirmou o vereador Ronaldo Onishi em tribuna. Ele ainda cobrou que a “Sabesp corrija esse problema”.

“Eu tenho ouvido muitas reclamações quanto a qualidade da água que a Sabesp está distribuindo na nossa cidade. Muito me preocupa quando um bem tão essencial começa a chegar nas torneiras com o nome potável e aí me paira a dúvida se de fato é potável”, disse o vereador Cido. Ele disse que realizou um teste em casa e também percebeu uma coloração “barrenta” na água.

Na sessão, também foi dito por Erica Franquini que Sabesp informou a ela em uma reunião que a água está amarela porque as tubulações são de ferro e soltam ferrugem devido ao tempo de uso. A reportagem também questionou a companhia sobre a explicação dada a vereadora, mas não obteve resposta.

Segundo informações, uma nova reunião foi marcada na próxima segunda-feira, dia 25, entre os vereadores os vereadores e a empresa para tratar sobre o problema.

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.