Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Homem que fugiu de presídio é preso pelo Garra de Taboão por roubo e tráfico de drogas

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 19/03/2019

DivulgaçãoO acusado tentou se passar por seu irmão, mas teve a verdadeira identidade revelada pela polícia

Curta o Jornal Na Net no Facebook e acompanhe as principais notícias da região! 

Uma equipe do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra) de Taboão da Serra prendeu na última quinta-feira, dia 15, um homem que participou de um assalto a uma ótica, localizada no centro da cidade. O acusado era procurado pela Justiça após fugir de um presídio e em seu endereço foram apreendidos entorpecentes.

Os policias realizavam ronda pela região quando viram um assalto em andamento no estabelecimento. No local, foram informados por um funcionário que dois homens, um deles armados, entraram na loja e roubaram dois celulares e dois tablets.

Durante a ação criminosa, o representante da ótica aproveitou a distração de um dos assaltantes e conseguiu imobilizá-lo. Ele estava com um revólver calibre .38. Seu comparsa, porém, fugiu em um Celta preto levando os objetos roubados.

Ao ser questionado sobre sua identidade, o acusado mentiu seu nome. Foram realizadas buscas em dois endereços em São Paulo informados por ele. No primeiro, a polícia encontrou 26 porções de maconha, 28 pinos de cocaína, 4 frascos de lança-perfume, duas balanças digitais, além de 1000 pinos vazios.

Já no outro imóvel, foram encontrados mais uma balança, um estojo com um cartucho deflagrado e um caderno com possíveis anotações do tráfico. O suspeito nada disse sobre as drogas e os utencílios localizados, mas informou que, na verdade, o primeiro nome pelo qual ele se apresentou era de seu irmão.

Após ter sua identidade verdadeira revelada, os policiais descobriram que o rapaz era procurado na Justiça por fugir da penitenciária de Reginópolis, onde cumpria pena.

Ele foi encaminhado ao 1º Distrito Policial de Taboão da Serra, onde o dr. Altamiro, titular do DP, pediu a conversão de prisão em flagrante para preventiva. O caso foi registrado como captura de procurado, roubo, tráfico de drogas e falsidade ideológica.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.