Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Em Dia Internacional da Mulher, Coordenadoria de Taboão realiza palestras de conscientização para alertar sobre violência contra mulheres

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 8/03/2019

Gabriela Pereira No ano passado, a Coordenadoria registrou cerca de 350 novos casos de violência e realizou cerca de 2.400. atendimentos

Curta o Jornal Na Net no Facebook e acompanhe as principais notícias da região! 

A Coordenadoria dos Diretos da Mulher de Taboão da Serra realizou na manhã desta sexta-feira, dia 8, um evento com diversas atividades e palestras no Cemur, no centro da cidade. Mais do que comemorar o Dia Internacional da Mulher, a festividade teve o objetivo de promover reflexão sobre as diversas formas de violência sofrida por milhões de brasileiras em nível nacional e regional.
 
"Durante o ano, realizamos atividades voltadas para esse combate ao feminicídio, agressões domésticas e qualquer violência que uma mulher possa sofrer no seu cotidiano. Existe um envolvimento e uma sensibilização por parte do governo", disse a secretária de Saúde, Raquel Zaicaner, ao abrir a celebração.
 
A dra. Sueli Amoedo, coordenadora da Coordenadoria da Mulher, explicou que o dia 8 de março se tornou "uma data no calendário oficial de atividade e de políticas públicas afirmativas em favor das mulheres". "O foco principal é trabalhar o fortalecimento da mulher, trazer para ela a noção exata do que é a mulher dentro da sociedade", disse.
 
Ela ainda ressaltou o trabalho da gestão do município no enfrentamento contra a violência. "Diferente de outras cidades, nós conversamos. Conversamos com os Creas, com o desenvolvimento social e econômico, com a Secretaria da Segurança Pública. Então, esse diálogo é importante para que as estruturas estejam fortalecidas", explica.
 
No ano passado, o órgão de amparo, responsável por prestar apoio psicológico, social e jurídico a mulheres que sofreram algum tipo de violência, registrou cerca de 350 novos casos e realizou cerca de 2.400. atendimentos. Em nível nacional, em 2018 a violência contra as mulheres cresceu 25%.
 
Laércio Lopes, vice-prefeito de Taboão da Serra, também esteve presente. "Comemorar o dia da mulher como simbolismo eu acho que é até bonito, mas nós precisamos galgar muito ainda. A cada 11 minutos, uma mulher é machucada de alguma forma", lembrou ele. "O homem que é homem tem que ficar feliz com o empoderamento da mulher", ressaltou também.
 
Durante a programação, foram realizadas palestras com o diretor da Clínica de DST de Taboão da Serra, Ricardo Moraes, além da psicanalista Miriã Labutho e a também psicanalista e psicopedagoga, professora Ana Lira. Também houve apresentação de dança cigana, show musicais, zumba, além de artesanatos e venda de maquiagens.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.