Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Caminhão tomba em rua de Itapecerica

Por | 14/01/2011

cam

Karen SantiagoCaminhão tomba na mesma rua que o menino morreu em novembro de 2010

Um caminhão carregado de madeira tombou na curva da rua São João (em frente a Defesa Civil) na manhã desta sexta-feira, 14, em Itapecerica da Serra. O acidente que aconteceu por volta das 7h deixou o motorista e sua mulher com algumas escoriações e ferimentos leves.

“Sempre dirijo nesta rua e isto nunca tinha acontecido. Subi a rua na primeira marcha a dez por hora, e o caminhão tombou, em câmera lenta. Acho essa curva muito perigosa, até tinha comentado com a minha mulher, “agora vamos passar por um local perigoso”, mas não imaginava que aconteceria isso. Acredito que o acidente tenha acontecido porque a carga é pesada e o piso é acidentado”, comentou o motorista.

A esposa do motorista Francisco Manoel do Nascimento, 59 anos, sofreu ferimentos leves e foi levada ao Pronto Socorro da cidade. De acordo com o Policial Militar De Souza, os ferimentos foram nas costas. “Ela está em observação, mas passa bem”, finalizou o PM.

Integrantes da Defesa Civil foram os primeiros a chegar ao local e tomaram as providências necessárias para aliviar o tráfego de veículos no local e ainda jogaram serragem para eliminar a possibilidade do combustível do veículo escorrer. “A serragem tem a função de cobrir o óleo / diesel e absorver o liquido”, explicaram os integrantes da Defesa Civil.

O caminhão com carga de madeira estava à caminho de Embu-Guaçu para entregar a mercadoria. O seguro do veículo arcou com as conseqüências do acidente.

Confira mais fotos:

cam1

cam2

Morte na mesma curva

Em novembro de 2010, um menino de cinco anos foi atropelado por um caminhoneiro na mesma curva, foi levado ao Hospital Geral, mas não resistiu aos ferimentos.  Segundo informações, o menino foi deixado pela avó em frente ao portão da Escola Guilhermina (próximo ao local do atropelamento), onde estudava, mas ao ser chamado por uma amiguinha, atravessou a rua.

No dia seguinte, ao atropelamento, após imagens gravadas pelo Videomonitoramento da prefeitura, os GCMs Alves e Ladeia, prenderam o motorista do caminhão que estava carregado de pedra. Em seu depoimento na Delegacia, o motorista afirmou não ter conhecimento do atropelamento. Ele foi indicado por homicídio culposo, sem intenção de matar e responde em liberdade.

Ações para inibir acidentes com ou sem vítimas no local, já foram tomadas pela Secretária de Segurança, Trânsito e Transportes, mas após a tragédia que comoveu a cidade, outro acidente acontece no local.


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.