Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Esporte

Brasil e seus adversários na Copa América 2019

Por Outro autor | 12/02/2019

Divulgação - Google Imagens

O Brasil, anfitrião da Copa América 2019, já conhece sua sorte na competição. A equipe liderada por Tite vai enfrentar as seleções de Bolívia, Peru e Venezuela. Façamos uma retrospectiva dos confrontos entre a "Canarinha" e suas adversárias no grupo A da prova. 

Foto: Pexels 

Bolívia

29 embates entre as duas seleções, 20 vitórias brasileiras, quatro empates e cinco triunfos bolivianos, isso em uma contabilização que também contempla amistosos. Na fase final da Copa América, Brasil e Bolívia se enfrentaram em dez ocasiões até hoje, com oito triunfos para a "Canarinha" e dois para "La Verde". O embate entre esses dois times vai ter odds disponíveis em (https://www.betfair.com/br)e há um dado importante a reter: atuando em solo nacional, o Brasil nunca perdeu para a Bolívia (8V; 2E). O encontro entre essas seleções que terminou com um resultado mais volumoso aconteceu na Copa América 1949, triunfo brasileiro por 10-1. A última partida entre as duas seleções na fase final de uma Copa América aconteceu em 1997, ocasião em que a Bolívia sediou a prova e perdeu a final para o Brasil por 3-1, com gols de Edmundo, Ronaldo e Zé Roberto. Recentemente, em um encontro válido pelas eliminatórias para a Copa do Mundo 2018, culminou com um empate sem gols. Os dois times vão estar frente a frente nessa edição da competição de seleções mais importante do continente e as primeiras informações sobre o desafio já estão disponíveis. (http://copaamerica.com)

Venezuela

A seleção venezuelana é rival de boa memória para o Brasil. Em 24 jogos entre as duas nações, "La Vinotinto" só levou a melhor uma vez, em um encontro amistoso disputado em 2008. Nos restantes 23 desafios, se registaram 21 vitórias brasileiras e dois empates. Na Copa América, a superioridade brasileira é ainda maior, com sete vitórias em oito jogos e apenas um empate. O triunfo mais volumoso do Brasil em embates com a Venezuela aconteceu na Copa América 1999, disputada no Paraguai, ocasião em que os brasileiros foram superiores por 7-0 com gols de Ronaldo (2), Amoroso (2), Emerson, Ronaldinho e Rivaldo. Ao todo, o Brasil marcou 89 gols contra à Venezuela em 24 partidas, consentindo apenas oito tentos. Para conhecer mais sobre a história da "vinotinto", a informação está disponível no portal oficial. (https://www.federacionvenezolanadefutbol.org/)

 

Foto: Pexels

Peru

À semelhança do que acontece nas comparações com Bolívia e Venezuela, a seleção do Brasil também leva vantagem no histórico de embates com a congénere do Peru. São 30 vitórias brasileiras, nove empates e quatro triunfos peruanos em um total de 43 confrontos entre as duas nações. Em fases finais da Copa América, Brasil e Peru já se enfrentaram em 17 ocasiões com 11 vitórias do Brasil, três empates e quatro triunfos do Peru. A maior vitória de que se há registo em duelos entre essas duas nações se verificou na Copa América 1997, prova que viria a ser ganha por uma seleção brasileira que nas semis deixou o Peru para trás com uma vitória por sete a zero, gols de Denílson, Flávio Conceição, Romário, Leonardo (2) e Djalminha. O encontro mais recente entre as duas equipes, disputado nas eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia - ambas as equipas se classificariam - culminou com vitória brasileira por dois a zero.

Sempre que a Copa América foi disputada em solo brasileiro, a "Canarinha" ergueu o troféu. A geração liderada por Tite se esforçará por manter o registro imaculado nesse ano de 2019. O histórico de superioridade em relação aos rivais da primeira fase é uma evidência.

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.