Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Prefeitura de Taboão convoca escolares e taxistas para vistoria veicular obrigatória

Por Prefeitura Municipal de Taboão da Serra | 16/01/2019

Ricardo VazVistoria de taxis e de escolares acontece até dia 28 de fevereiro

Curta o Jornal Na Net no Facebook e acompanhe as principais notícias da região! 

A Prefeitura de Taboão da Serra, por meio da Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (SETRAM), convoca condutores de vans escolares e de táxis, além do transporte complementar que operam no município, para a vistoria veicular obrigatória, a ser realizada até dia 28 de fevereiro de 2019.
 
Durante o período devem ser inspecionados 830 veículos, sendo 340 vans escolares, 440 táxis e 50 complementares. “Na vistoria, os agentes irão avaliar, dentre outros itens, os sistemas de iluminação, freios, direção, eixos, suspensão, pneus, rodas”, explica Dr. Gerson Brito, secretário de Transportes.
 
Para facilitar o processo de vistoria, a secretaria de Transportes disponibiliza, desde 2017, o agendamento pela Internet. Para o acesso online, os interessados devem ir ao endereço eletrônico www.taboao.cobrasin.com.br, clicar no ícone “vistoria veicular” e preencher as informações em “Agendar Nova Vistoria”.
 
O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê, nos artigos 135 e 136, a realização de inspeção veicular como requisito para exercer o transporte individual ou coletivo de passageiros. Vale ressaltar que, conduzir o veículo sem portar a autorização é infração grave, com multa de R$ 195,23, pontuação na carteira e retenção do veículo.
 
SERVIÇO
Departamento de Trânsito de Taboão da Serra – DEPTRAN
Rua Nicolino Bentivegna, 90, Jardim Bontempo, Taboão da Serra/SP
Telefone: (11) 4787-3610/3620
Email: setram@taboaodaserra.sp.gov.br
Atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.