Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Consumidor não terá que pagar taxa extra na conta de luz de janeiro

Por Outro autor | 31/12/2018

DivulgaçãoAgência Nacional de Energia Elétrico informou que a bandeira tarifária do primeiro mês de 2019 está verde

Os cinco meses anteriores foram ainda mais caros. Com bandeira vermelha patamar 2, o consumidor precisava pagar R$ 0,05 (cinco centavos) para cada quilowatt-hora kWh consumido — a taxa extra mais alta do sistema.

Conheça cada uma das bandeiras tarifárias:

Bandeira verde: indica condições favoráveis de geração de energia e as contas de luz não sofrem nenhum acréscimo;

Bandeira amarela: condições de geração menos favoráveis deixam as tarifas R$ 0,01 (um centavo) mais caras para cada quilowatt-hora consumido;

Bandeira vermelha 1: condições de geração de energia mais cara faz com que as comtas sofram acréscimo de R$ 0,03 (três centavos) para cada quilowatt-hora kWh consumido, e;

Bandeira vermelha 2: condições ainda mais custosas de geração que elevam as contas em R$ 0,05 (cinco centavos) para cada quilowatt-hora kWh consumido.

Fonte: R7, Kaique Dalapola 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.