Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Restaurante Popular celebra o Dia da Alimentação na próxima terça-feira, 16

Por Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes | 15/10/2018

alimento

Divulgação

A Prefeitura de Embu das Artes, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, vai celebrar o Dia Mundial da Alimentação na próxima terça-feira, dia 16/10, no Restaurante Popular José de Castro.

Durante o período do almoço, diversas atividades serão oferecidas como o cálculo de índice de massa corporal (IMC), esclarecimento sobre alimentação saudável, banca de alimentos, distribuição de material informativo e apresentação de vídeos educativos.

Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) celebra o Dia Mundial da Alimentação em 16 de outubro de cada ano para lembrar a fundação da Organização das Nações Unidas (ONU) em 1945. Os eventos são organizados em mais de 150 países, tornando-se um dos dias mais celebrados no calendário da ONU. Esses eventos promovem conscientização e ação global para aqueles que sofrem com a fome e a necessidade de garantir a segurança alimentar e dietas nutritivas para todos.

Enquanto muitos de nós ficamos divididos ao escolher em qual fast food vamos comer, muitas pessoas não têm acesso a nenhum tipo de alimento. Você sabia, por exemplo, que mais de 800 milhões de pessoas vivem em uma situação denominada insegurança alimentar? Isso quer dizer que mais de 800 milhões de pessoas não possuem uma alimentação saudável, de qualidade ou em quantidade suficiente para suprir suas necessidades.

 Todos os anos, a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura em parceria com outras agências do sistema da ONU, publica o relatório do Estado da Segurança Alimentar e Nutricional no Mundo. As estatísticas mostram que até 2016 a fome não havia aumentado de forma significativa no Brasil, o relatório analisa dados referentes ao ano anterior e em 2017 indica que a fome no Brasil, em 2016, acometia menos de 2,5% da população.

 Dados recentes divulgados pela Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Pesquisa (IBGE), entretanto, sinalizam um aumento da extrema pobreza no país em cerca de 10% de 2016 para 2017 (de 13,3 para 14,8 milhões de pessoas). Tal incremento da pobreza extrema poderá, sim, refletir no aumento do número de pessoas que passam fome no país.

No Brasil, uma alimentação de qualidade é um direito de todos, sendo assegurada por lei. Segundo a lei nº 11.346, de 15 de setembro de 2006, art. 2º, a alimentação adequada é direito fundamental do ser humano, inerente à dignidade da pessoa humana e indispensável à realização dos direitos consagrados na Constituição Federal, devendo o poder público adotar as políticas e ações que se façam necessárias para promover e garantir a segurança alimentar e nutricional da população.”

O Dia Mundial da Alimentação é uma oportunidade para demonstrar nosso compromisso com o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 2 – Alcançar a meta do FomeZero em 2030.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.