Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

PF e Receita realizam operação Fake Money em Itapacerica e em outras cidades

Por Outro autor | 28/09/2018

policia

Divulgação

 

A Polícia e a Receita Federal deflagraram, na manhã desta sexta-feira, dia 28, a operação Fake Money, em Itapeceria da Serra e em outras cidades de São Paulo e de outros Estados, para desarticular uma quadrilha suspeita de fraude tributária. As investigações tiveram início em 2016.

A quadrilha vendia créditos tributários baseados em títulos da dívida pública prescritos ou falsos, para empresas compensarem seus débitos com o Fisco Federal. A Receita Federal estima que os prejuízos aos cofres públicos alcancem os R$ 5 bilhões.

A Polícia Federal disse que os suspeitos elaboraram uma cartilha em nome da Secretaria do Tesouro Nacional com informações falsas sobre a validade dos créditos, para convencer eventuais compradores. Ao todo, 3.000 empresas em todo o país foram vítimas do esquema, usando créditos tributários falsos para compensação de débitos junto à Receita Federa

Segundo informou as autoridades, o mentor do esquema, além de empresários, advogados, economistas, consultores, contabilistas foram presos. Contratos , cartilhas oferecidas aos cliente, troca de emails, veículos, cavalos de raça e joias foram apreendidas. Os presos foram denunciados por estelionato, formação de organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Os 3 mil contribuintes envolvidos receberão cartas solicitando que regularizem sua situação junto ao órgão.

A secretaria estima que fraudes desse tipo impactam os cofres públicos em aproximadamente R$ 8 bilhões. Segundo o coordenador-geral de fiscalização do órgão, Flavio Vilela Campos, mais de 100 mil contribuintes estão envolvidos

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.