Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Candidato ao Governo de SP Luiz Marinho visita Taboão da Serra e diz que estudará forma de trazer metrô à cidade

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 24/09/2018

luizmarinho

DivulgaçãoO candidato também destacou suas propostas para segurança pública e saúde

O candidato pelo PT ao Governo do Estado de São Paulo, Luiz Marinho, esteve na manhã domingo, dia 23, em Taboão da Serra em cumprimento de agenda da campanha eleitoral. Durante a visita, o candidato andou pelas ruas do Pirajuçara, cumprimentando populares e lojistas.

Em entrevista à imprensa, Marinho destacou que irá estudar melhor forma de ampliar e trazer metrô até a cidade. “Sou plenamente a favor, vamos estudar o projeto existente, ver se ele dá conta, se não dá conta e desenvolver um projeto que possa esticar essas linhas onde for possível”, afirmou. Ele ressaltou ainda que pretende criar um sistema unificado de transporte por meio da implementação do bilhete único mensal metropolitano, que segundo ele, “reduzirá o custo da passagem para o usuário”.

Já em relação à segurança pública, hoje um dos grandes problemas enfrentados por Taboão, o petista afirmou que será prioridade no seu Governo combater as facções criminosas “Vamos criar uma força tarefa com as policiais Civil e Militar, além do Ministério Público, do judiciário e a sociedade civil organizada para combater o crime organizado, o que não temos isso hoje”, afirmou.

Marinho também pretende valorizar o trabalho dos policiais e reestruturar o trabalho dos agentes. “Não dá para ter um coronel falando que vai tratar um jovem do centro diferente de um jovem da periferia. O papel da polícia é cuidar das pessoas, mas o Estado precisa cuidar da polícia, como a polícia não é cuidada eles não cuidam lá na ponta. Precisamos ter uma valorização salarial para esses policiais.”, disse.

Questionado sobre a saúde, Marinho defende a parceria com a prefeitura e disse ainda pretende melhorar as unidades que já existem na região. Outra proposta mencionada por ele é a internação domiciliar, que mantém em casa o paciente que precisa ficar internado em um longo período sem a necessidade de uma UTI. “quando fui prefeito em São Bernardo, fizemos esse programa. precisa de atendimento. Uma equipe multidisciplinar visita o paciente, a junta médica decide quem pode ser internado em casa”, ressalta.

Marinho, que esteve acompanhado de companheiros de partido durante toda a caminhada, como o deputado estadual Geraldo Cruz e o deputado federal Valmir Prascidelli, além da ex-vice-prefeita professora Márcia e do ex-vereador Wagner Eckstein, seguiu ao final da visita para o Sindicato dos Metalúrgicos, na Vila Iasi, para participar de um plenário.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.