Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Moradores do Pirajuçara reclamam do uso de drogas, roubo e violência em quermesse do morro

Por Luciana Santos | 9/07/2018

oie_9183727bh5AwW29

Leitor do Jornal na Net Muitas pessoas que vão com o intuito de fazer uso de drogas, praticar furtos.

Moradores do Pirajuçara em Taboão da Serra reclamam do uso de drogas explicito, de som alto, roubos e violência durante a realização da quermesse do morro que é realizada anualmente na Rua Fernando Fernandes. No último domingo dia 8 um rapaz foi assassinado. O Jornal na Net recebeu diversas mensagens de reclamações e denúncias após o assassinato de um rapaz que estava na festa. O assassinato brutal do jovem provocou comoção e revolta. 

A quermesse do morro já virou tradição no bairro. Mas a edição deste ano não tem autorização da prefeitura para ser realizada. Segundo os organizadores foi criada em prol da comunidade para que haja interação entre os moradores, porém existem muitas pessoas que vão com o intuito de fazer uso de drogas, praticar furtos e no último domingo um jovem foi assassinado durante a festa.

Vários moradores da região entraram em contato com o Jornal na Net para  denunciar o que acontece durante a quermesse. Segundo eles a movimentação é intensa o uso de drogas é exporto, a rua é totalmente fechada por carros que colocam som alto e as motos também ficam pela rua empinando.

                         

“Estamos amedrontados e inseguros com essa situação. Quando acontece a Quermesse ficamos presos e nossas residências com medo da violência. Vemos muitos fazendo uso de drogas abertamente, sem medo de serem pegos, os assaltos e as brigas já se tornaram comum durante a festa. Agora foi a morte de uma pessoa, fica complicado pra nós que somos moradores”, desabafou um morador que não quis se identificar.

Segundo os moradores a festa era um lugar melhor não tinha tanta violência nem o uso de drogas era assim explicito as famílias participavam da festa, mas hoje todo mundo fica receoso em participar.

O caso vem repercutindo na rede social e o boato é que o evento não vai ser realizado nos próximos três anos após a morte do rapaz.

No último fim de semana um rapaz identificado como Felipe Ramos foi assassinado por um disparo de arma de fogo. O assassinato revoltou moradores da região.

A tragédia provocou grande comoção entre a população e muita gente está pedindo a suspensão da festa.

Moradores entraram em contato com o Jornal na Net informando que todas as barracas já foram desmontadas e que a festa está suspensa.

Veja aqui mais fotos e o vídeo.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.