Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Estudante suspeito de matar a mãe estava em possível surto, diz irmã

Por Outro autor | 4/07/2018

paulo

Reprodução Facebook Carnieli responderá por homicídio simples.

Paulo Felipe Lino Carnieli, de 24 anos, morador da região central de Taboão da Serra, na Grande São Paulo, foi preso preventivamente no domingo (1º) por suspeitas de ter matado a mãe, Maria Elza Lino Pereira, 58, no último sábado (30).

Segundo a irmã, Fernanda Vazquez, o rapaz mudou de comportamento em decorrência do uso de drogas, o que começou a ser percebido há cerca de quatro anos. Antes disso, Carnieli era considerado um “bom menino” e “educado”. Nas redes sociais, colegas o descreviam como tímido. Para se desintoxicar, ele chegou a ser internado mais de uma vez.

Após as passagens pelas clínicas, parentes começaram a perceber distúrbios de comportamento no rapaz, que parecia estar fora da realidade mesmo quando não usava drogas. Antes dos episódios, Carnieli estudava educação física e também estagiava na área.

A família deve pedir um laudo psicológico para atestar que o jovem cometeu o crime quando passava por um surto de esquizofrenia e, portanto, não estava consciente de seus atos.

O corpo da mãe foi achado no banheiro da casa pela irmã do jovem, que pediu a ajuda de um vizinho para abrir a porta de casa, no sábado (30). De acordo com o boletim de ocorrência, a filha de Maria Elza tentava o contato com a vítima desde quarta-feira, quando o irmão afirmou que ela estava na igreja.

A causa da morte não foi divulgada, mas o corpo apresentava um corte na região do pescoço e hematomas. Carnieli responderá por homicídio simples

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.