Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Ministério da Saúde faz parceria com o CVV e ligações se tornam gratuitas em todo o Brasil

Por Juliana Ribeiro | 2/07/2018

cvv

Reprodução Além do número 188, o CVV também disponibiliza atendimento via chat, por e-mail ou presencialmente. 

Buscar ajuda por telefone agora é totalmente gratuito. Graças a uma parceria como Ministério da Saúde, desde o último domingo (01), o número do Centro de Valorização da Vida (CVV), O 188, está disponível em todo o Brasil.

Segundo o diretor do CVV Antônio Carlos Braga, a expectativa é que esta novidade possa ampliar o acesso ao atendimento, que pode passar de 1 milhão de ligações atendidas para 3 milhões por ano.

"É um divisor de águas porque viabiliza um número único e, mais do que isso, gratuito. Até então, quem ligava para o CVV era quem tinha condições de pagar uma conta telefônica e, eventualmente, até um interurbano. A partir do acordo, qualquer pessoa de qualquer aparelho poderá ligar gratuitamente.", explica Braga.

O CVV funciona desde 1962 e é um órgão sem fins lucrativos que se dedica a escutar qualquer pessoa que esteja passando por dificuldades. O propósito é prevenir o suicídio. No ano de 2017, o órgão recebeu cerca de 2 milhões de ligações e espera, neste ano, ultrapassar este número.

De acordo com o Ministério da Saúde, aproximadamente 30 pessoas tiram a própria vida diariamente no Brasil. Para os voluntários do CVV, é preciso se atentar aos sinais, como: isolamento, desistência de hobbies, falta de contato com a família e amigos, abuso de álcool e drogas, depressão, dentre outros.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, os idosos apresentam a maior faixa etária de risco para o suicídio. Entre 2011 e 2015, de cada 100 mil habitantes, a taxa de mortalidade de pessoas com idade superior a 70 anos alcançou 8,9.

O número de suicídio entre jovens também é alto no Brasil, sendo a 4ª maior causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos no país. Os voluntários relatam que os assuntos mais abordados pelos adolescentes que contatam o CVV são os conflitos com os pais, com amigos e preocupação com o âmbito escolar. Já os jovens adultos relatam sobre a própria solidão, problemas relacionados a desemprego e relacionamentos conturbados.

Além do número 188, o CVV também disponibiliza atendimento via chat, por e-mail ou presencialmente. De acordo coma OMS, 90% dos casos de suicídio podem sem evitados. O Ministério da Saúde pretende atingir a meta de reduzir em 10% as mortes por suicídio até 2020.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.