Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Atlas da violência 2018: Itapecerica é apontada como o 2º município mais violento de estado de São Paulo

Por Juliana Ribeiro | 18/06/2018

itapecerica

Reprodução / Facebook

A cidade de Itapecerica da Serra foi apontada como o segundo município mais violento do estado de São Paulo. O dado é do Atlas da Violência 2018, produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que foi divulgado na última sexta-feira (15).

Segundo o estudo, o município tem taxa de 34,6 mortes violentas para cada 100 mil habitantes. A pesquisa considera intervenções legais e mortes violentas com causa indeterminada e mortes violentas a soma de agressões, adotando como referência a cidade de residência da vítima. Os dados avaliados são de 2016, último ano disponível no Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde.

Das 15 cidades brasileiras com menor taxa de homicídio por 100 mil habitantes, dez são do estado de São Paulo, e Caraguatatuba lidera o ranking com 36,5% de mortes violentas. Depois vem Itapecerica da Serra, que apresenta o índice mais alto de mortes violentas na região metropolitana, com 34,6%.

Taboão da Serra também entrou no ranking, ocupando a 5º posição entre as cidades mais violentas do estado e o 2º lugar na região, com 27,2%.

A sensação de não estar em um ambiente violento mesmo em cidades com índices de homicídio considerados altos tem uma explicação: o atlas da violência mostra que as mortes se concentram em determinadas regiões das cidades e que essa desigualdade territorial da violência caminha junto com a desigualdade social.

Ainda de acordo com os dados do Atlas, as dez cidades brasileiras com maiores taxas de assassinatos no Brasil têm nove vezes mais pessoas na extrema pobreza do que as cidades menos violentas. Os dez municípios com mais de 100 mil habitantes e com menores taxas de homicídios têm 0,6% de pessoas extremamente pobres, enquanto os dez mais violentos têm 5,5%, em média.

Confira os dados no site www.ipea.gov.br

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.