Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

Dia Mundial do Meio Ambiente: Óleo de cozinha usado é transformado em sabão vegetal por moradora de Embu

Por Juliana Ribeiro | 5/06/2018

joana1

Juliana RibeiroDesde meados de 2013, Joana modificou a forma como a família, amigos e vizinhos descartam o óleo de cozinha usado.

A alternativa sustentável de transformar óleo comestível residual em sabão ecológico é uma das formas que pode ser usada para evitar o descarte incorreto do produto no meio ambiente. Após ser usado em frituras, o óleo pode ser reaproveitado e transformado em produto de limpeza. É o que faz a moradora de Embu das Artes, Joana Cavalcante Gomes, de 65 anos, que aproveita a matéria prima para a fabricação de sabão em barra.

Desde meados de 2013, Joana modificou a forma como a família, amigos e vizinhos descartam o óleo de cozinha usado. Ela encontrou na produção de sabão caseiro uma alternativa fácil e econômica que, além de evitar um problema ambiental, ajuda a conscientizar as pessoas com quem convive.

A dona de casa explica que aprendeu a fazer o sabão com a filha e, desde então, nunca mais precisaram comprar o produto industrializado: “Ela aprendeu com a sogra e depois me ensinou. Eu faço e distribuo para a família inteira!”. Ela ainda conta que o todo o óleo utilizado na produção é recolhido na casa de familiares, amigos e vizinhos.

“Eles vão armazenando o óleo em garrafas e depois eu vou recolhendo. Quando chega a aproximadamente 5 litros, aí eu começo a produção. É bom destacar que essa quantidade de óleo rende muito produto, então já é uma forma de economizar”, explica a dona de casa.

Para a administradora de empresas Kátia Gomes, filha de Joana, a qualidade do sabão que produzem não deixa nada a desejar aos oferecidos nos supermercados. Ela acredita que além da economia, outro fator é ainda mais importante:

“De forma natural, as pessoas foram tomando consciência sobre a importância do descarte adequado do óleo usado. E o melhor de tudo é ver que algo que poderia prejudicar o meio ambiente é transformado em um produto de grande utilidade para todos”, ela diz.

Segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), só no estado de São Paulo são consumidos anualmente 242 milhões de litros de óleo. O número nacional é ainda maior, no país todo são usados 3 bilhões de litros de óleo ao ano. Como não é consumido integralmente, o problema de onde descartar o óleo que restou das frituras se tornou um problema.

A atitude mais comum dos consumidores é jogar o óleo usado na pia. Porém, esse gesto é errado e causa muitos transtornos. Quando jogado na rede de esgoto, o óleo pode se solidificar e entupir os encanamentos. Para se ter uma ideia da gravidade, 40% dos casos de entupimentos de tubulações são causados pelo óleo solidificado.

Nos locais onde a rede de esgoto é deficiente, invariavelmente, esse óleo acaba indo parar nos cursos d’água que cortam as cidades, causando danos à fauna e flora aquática. Quando esse óleo é jogado diretamente no solo causa impermeabilização, contribuindo para enchentes, ou entra em decomposição, soltando gás metano durante esse processo, causando mau cheiro, além de agravar o efeito estufa.

Segundo informações do Ecycle, Além da reciclagem do óleo na produção de sabão, existem alternativas de reaproveitamento do produto, como em produção de biodiesel, tintas a óleo, massa de vidraceiro, entre outros.

Joana dá uma dica para as donas de casas que desejam iniciar a produção de sabão caseiro: “Muitas empresas, especialmente lanchonetes, costumam doar o óleo utilizado em frituras. Então essa pode ser uma forma de começar a produzir, economizar e evitar que este óleo seja jogado no solo, pia ou esgoto. Pode ter certeza de que fará toda a diferença na vida de todos”, ela conclui.

23/06/2018

Água será tema de domingo ecológico em parque de diversões

Celebrar o meio ambiente, promover educação ambiental, colaborar para que haja maior convívio...

05/06/2018

Dia Mundial do Meio Ambiente: Óleo de cozinha usado é transformado em sabão

A alternativa sustentável de transformar óleo comestível residual em sabão ecológico é uma das...

02/06/2018

Criação de abelhas sem ferrão é tema de palestra em Embu das Artes

Com o intuito de estimular a criação de abelhas nativas brasileiras sem ferrão, bem como...

28/05/2018

Embu das Artes promove mesa redonda sobre Profissões Ambientais no 1º Simpósio

No dia 05 de junho, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente (05/06) será realizado o 1º...

18/05/2018

Embu das Artes terá o Primeiro Simpósio de Economia Verde

Em homenagem ao dia nacional do meio ambiente, comemorado em 05 de junho, a cidade de Embu das...

13/05/2018

Astral faz dedetização e controle de pragas em Taboão, Embu, Itapecerica e SP

Quem mora ou trabalha em Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica e Zona Oeste de São Paulo...

07/05/2018

Moradores do Embu Mirim revitalizam espaço degradado pelo lixo

Moradores do Embu Mirim se uniram e juntos conseguiram revitalizar um espaço antes degradado...

05/05/2018

Itapecerica da Serra ganha manifesto para a preservação ambiental

25/04/2018

Viveiro Municipal promove ação de reciclagem de óleo em Embu

O Viveiro Municipal, localizado em Embu das Artes, está promovendo a ação Reciclagem de Óleo,...

24/04/2018

Prefeitura de Itapecerica realiza plantio de árvores na Praça Marilene Benedicta

A Prefeitura de Itapecerica da Serra, através da Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente,...

25/06/2018

SP reduz número de denúncias de violência contra idosos

No mês mundial de Conscientização da Violência contra o Idoso, o Estado de São Paulo ainda não...

25/06/2018

Cresce o número de denúncias de violência sexual infantil

A Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDS) promoveu no mês de junho a “Série Dialogando –...

25/06/2018

Homem é resgatado por GCM após ser arremessado em córrego de Embu

A Guarda Civil Municipal recebeu uma denúncia, na manhã do último sábado (23), de que um homem...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.