Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereador Alex Bodinho aprova lei criando Dia do Agente Comunitário de Saúde

Por Sandra Pereira | 16/05/2018

bodinho900

Leandro Barreira - Assessoria de Imprensa da Câmara de TaboãAlex Bodinho cria dia do agente comunitário da saúde

Com alegria genuína, o vereador Alex Bodinho comemorou a aprovação do seu 1º primeiro projeto de Lei na Câmara Municipal de Taboão da Serra. Bodinho, como é conhecido na cidade, tem atuação marcante na região do Panorama e Pirajuçara. O projeto de lei do vereador Alex Bodinho cria o dia do Agente Comunitário de Saúde e determina que na semana do dia 4 de outubro serão realizadas ações e atividades específicas para homenagear os agentes de saúde. Taboão da Serra tem 142 agentes comunitários de saúde atendendo aos moradores nos bairros.

“Hoje é um dia de muita alegria pelo meu primeiro projeto de Lei aprovado na Câmara. Obrigado a todos os vereadores que apoiaram”, declarou Alex Bodinho.

Em Taboão da Serra, os agentes comunitários de saúde atuam na ponta dos serviços públicos de saúde, indo diretamente nas casas dos moradores, fazem acompanhamento e orientam sobre como prevenir doenças, acompanhamento de vacinação entre outras ações. Também atuam nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) integrando equipes multiprofissionais.

No fim da década de 1980, o Ministério da Saúde implementou o Programa de Agentes Comunitários de Saúde como parte fundamental da construção do Sistema Único de Saúde (SUS).

A iniciativa surgiu, naquele momento, em algumas áreas do Nordeste, Distrito Federal e São Paulo. Em 1994, se expandiu para o Programa de Saúde da Família, que atualmente recebe o nome de Estratégia de Saúde da Família. Dentro das iniciativas citadas, a figura do agente comunitário de saúde aparece com o objetivo de levar maior qualidade de vida e apoio às comunidades.

Os agentes de saúde fazem o acompanhamento das famílias. Na primeira vista leva uma ficha composta por diversas perguntas referentes ao domicilio e a cada integrante daquela residência. O documento é um cadastro familiar que funciona da forma mais detalhada possível, identificando se há crianças fora da escola, jovens dependentes químicos ou pessoas com doenças graves, entre outras situações.

Feito isso, o agente passa a acompanhar aquelas pessoas e a rotina delas. Uma vez por mês, o profissional vai até a casa da família para checar a realidade do local.

Além da visita feita mensalmente, em outra data, combinada no calendário, o agente comunitário de saúde realiza uma nova visita com uma equipe composta, no mínimo, por um médico, um enfermeiro, um auxiliar ou técnico de enfermagem.

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.