Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cultura

Festa de Santa Cruz de Embu das Artes prova que tradição ainda encanta o público

Por Assessoria de Imprensa | 8/05/2018

santa_cruz

Everaldo Silva / Michael Alberto (PMEA)

Mais uma Festa de Santa Cruz de Embu das Artes, edição 2018, foi promovida pela Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, atraindo bom público, formado essencialmente por famílias, muitas crianças e amantes da cultura de raiz, provando que a originalidade e a riqueza da manifestação popular ainda despertam a atenção, comovem e têm fôlego para serem perpetuadas.

No estado de São Paulo, Embu das Artes é um dos poucos municípios a manter esse rito pois, em outras cidades onde ocorria, a prática foi gradativamente perdendo o engajamento de novas gerações e acabou sendo esquecida. Por aqui, ela acontece há vários anos, sempre no mês de maio, se consolidando como uma das mais importantes festas folclóricas paulistas e a mais antiga da cidade. A festividade é uma oportunidade única de reviver uma tradição herdada do convívio entre jesuítas e indígenas após o descobrimento do Brasil, a partir do século XVII.

A sua história é passada aos estudantes da rede municipal de ensino embuense, o que ajuda a manter, no imaginário das crianças e de futuras gerações, essa preciosidade cultural da região, contribuindo para a continuidade de sua realização.

A abertura no dia 3/5 (sexta) aconteceu, como sempre, com a reza do terço na Capela da Família Cachoeira. No dia seguinte, a procissão partiu da Igreja de Nossa Senhora de Lourdes até o Memorial Sakai, seguida do levantamento do Mastro da Cruz, com participação dos Adoradores da Santa Cruz.

Os festeiros rezaram diante da Santa Cruz, ajoelhados ou não, beijaram-na, acenderam velas, cantaram e dançaram em adoração a ela, e as pessoas que desejavam algo puderam fazer o pedido ao seu pé, pois acreditam que assim serão atendidas. Na Adoração à Santa Cruz, o próprio povo dirige a celebração, não há intervenção eclesiástica. A população se encarrega de cantar os versos de louvor.

Ainda na sexta, sábado e domingo, além das atrações artísticas, o povo pôde desfrutar de comidas típicas disponíveis em vários estandes. Destaque para a homenagem a Raquel Trindade, falecida recentemente, com a performance de Carlos Caçapava e Carla Magalhães (Grupo Sanza).

Artistas participantes: Violeiros de Embu das Artes; Trança-Fita (Vargem Grande Paulista); Grupo Vocal Andorinhas; Grupo Sanza (Carlos Caçapava e Carla Magalhães); Adoradores Mirins (E.M. Marajoara); Congada de São Benedito (Cotia); Banda Sarrabulho; Jackson Ricarte; Folia de Reis Marajoara; Congada de São Bernardo; Banda Municipal de Embu das Artes; Os Marajoaras; Lílian Viola e Paulo Polca.

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.