Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Direitos Humanos: Embu das Artes trabalha por uma educação libertadora

Por Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes | 10/12/2010

direitos1

Daniela KarinProfessora Lúcia Queiroz e ministro Paulo Vanucchi

Em 10 de dezembro é comemorado o Dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos, adotada pela Organização das Nações Unidas (ONU) no dia 10 de dezembro de 1948, em resposta às crueldades cometidas durante a Segunda Guerra Mundial. O Governo da Cidade de Embu das Artes incentiva ações de conscientização sobre o tema durante o ano todo. Este ano, em especial, o projeto coordenado pela professora Lúcia Maria de Queiroz  venceu o Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos, na categoria As Secretarias de Educação na Construção da Educação em Direitos Humanos, com o projeto Por uma Educação Libertadora e Igualitária para Todos. “Conhecer os Direitos que nos fazem cidadãos efetivamente é uma questão de Educação, de compromisso com os ideais de liberdade, igualdade e solidariedade” – afirma a professora Lúcia, que recebeu o troféu das mãos do ministro Paulo Vannuchi, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Segundo Lúcia, o prêmio se deve ao trabalho realizado na rede municipal de ensino, de março a setembro de 2010, com educadores e estudantes do ensino infantil, fundamental, especial, EJA e Mova, visando à conscientização dos direitos humanos. “Começamos com a formação dos educadores, de 2006 a 2008, em parceria com a USP e a PUC, além de palestras com especialistas da área, como o jurista Dalmo Dallari. Por meio de reuniões, envolvemos a sociedade e só depois começamos a trabalhar o tema em sala de aula” – conta.

Sob o tema Linguagem e Arte dos Direitos Humanos, estudantes participaram de um concurso e usaram a imaginação para colocar no papel, em forma de texto ou desenho, sua visão sobre os direitos humanos. O resultado foi bastante positivo e os criadores dos melhores trabalhos receberam uma medalha como incentivo. Uma grande exposição aberta ao público marcou o encerramento das atividades. A verba recebida como premiação do concurso nacional (15 mil reais) será destinada à realização da segunda etapa do concurso municipal, em 2011.

Engajada na luta pelos direitos humanos, Lúcia Queiroz está concluindo seu trabalho de pós-graduação na PUC/SP, em Políticas Públicas e Gestão de Segurança Pública, cujo tema a ser defendido é: Como proteger a dignidade sexual da criança que sofre abuso e violência  sexual doméstica? Segundo a professora, esse projeto envolve a lei 12.015/2009, que tem como papel jurídico proteger também a criança que sofre violência sexual. “Ela tipifica os crimes sexuais e prevê as penas, em vista do enfrentamento à pedofilia” – declara.

Daniela Karin

 

11/12/2017

Idosa de 76 anos desapareceu neste domingo em Taboão da Serra

Dona Ana Maria Barbosa, 76 anos,desapareceu quando estava indo para casa onde mora com a irmã e...

10/12/2017

Multidão lota Ginásio Ayrton Senna para acompanhar o Natal Nota 10

Mais uma vez uma multidão de pais e familiares de alunos compareceu ao Ginásio de Esportes...

08/12/2017

Jorge Costa inaugura Unidade de Saúde da Família no Jardim Montezano

O prefeito de Itapecerica da Serra, Jorge Costa, inaugurou na manhã dessa quinta-feira (30) a...

05/12/2017

Justiça autoriza prefeitura de Embu a voltar a cobrar taxa do lixo

Suspensa após liminar a taxa de lixo da cidade de Embu das Artes, volta a ser cobrada. A decisão...

04/12/2017

Aprovado Voto de Louvor à caminhada histórica pelo fim da violência à mulher

A Câmara Municipal de Itapecerica da Serra aprovou por unanimidade na sessão do dia 28,...

03/12/2017

Adolescente que pilotava moto e bateu em ônibus será sepultado na Saudade

O adolescente de 14 anos, conhecido como Tete, que morreu depois de bater na lateral esquerda de...

02/12/2017

Montagem da super estrutura do Embu Summer Fest começou

Texto e fotos: Assessoria de Imprensa do evento

Nesta semana, a A Luz Eventos deu início a...

01/12/2017

Família pede liberdade do carteiro de Embu preso em audiência onde testemunhava

Funcionário dos Correios de Embu das Artes há mais de 20 anos o carteiro Denivaldo Jesus de...

30/11/2017

Caminhada entra na história de Taboão como maior ato contra violência à mulher

Uma multidão de crianças, jovens, adultos e idosos caminhou em Taboão da Serra, vestida de...

11/12/2017

Idosa de 76 anos desapareceu neste domingo em Taboão da Serra

Dona Ana Maria Barbosa, 76 anos,desapareceu quando estava indo para casa onde mora com a irmã e...

11/12/2017

Ney Santos reajusta bolsa da Frente de Trabalho de R$ 350 para R$ 1.000,00

A partir de janeiro de 2018 os integrantes da Frente de Trabalho de Embu das Artes vão receber...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.