Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Autarquia de Saúde de Itapecerica fecha parceria com laboratórios para diagnose de hepatite C

Por Assessoria de Comunicação | 25/04/2018

hepatite

Divulgação As parcerias com os laboratórios estão permitindo que a rede de saúde consiga captar pessoas que tenham hepatite e não sabem

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, cerca de 3% da população mundial (mais de 150 milhões de pessoas) está infectada pelo vírus da hepatite C e por não apresentar sintomas diversas vezes, sendo que a maioria dos indivíduos não sabem ou descobrem em seu estágio já avançado. A doença viral silenciosa que provoca uma resposta inflamatória no fígado é considerada entre os três tipos de hepatite (A, B e C) como a mais perigosa.

No último dia 24 de abril, terça-feira, a Autarquia Municipal de Saúde, em parceria com o laboratório Gilead, deu início à diagnose da doença através da elastografia hepática com intuito de substituir a biópsia hepática no CEM (Centro de Especialidade Municipal) da cidade. O exame, similar a um ultrassom, é feito de maneira fácil, rápida e não invasiva ao corpo do paciente.
 
Disponível para o munícipe que já tem um acompanhamento com um infectologista e apresentam características do vírus, os exames deverão ser agendados. Assim, caso o exame seja positivo, será possível recorrer ao uso dos medicamentos que o sistema de saúde oferece. O laboratório Gilead está disponibilizando os profissionais para realização dos exames junto com equipamento.

Além desta parceria, a autarquia está desenvolvendo um trabalho em conjunto com o laboratório Abbvie para realização de uma campanha de detecção do vírus da Hepatite C no decorrer da Campanha da vacina contra a Influenza 2018. Através de testes rápidos feitos por enfermeiras escolhidas pela Associação Brasileira de Infectologia, as unidades de saúde que participarão serão as seguintes:

UBS Jardim Jacira – 11 de maio
UBS Salvador de Leone – 12 de maio
UBS Parque Paraíso – 14 de maio
UBS Valo Velho – 16 de maio
UBS Crispim – 18 de maio
 

“As parcerias com os laboratórios estão permitindo que a rede de saúde consiga captar pessoas que tenham hepatite e não sabem, dar oportunidade para os já diagnosticados realizarem este exame extremamente difícil de conseguir de maneira gratuita e disponibilizar a medicação que facilita o processo de cura da doença”, finalizou a diretora do CEM, Roberta Uchoa.

 

 


14/09/2018

Agosto Dourado foi marcado por ações de orientações sobre amamentação

O Agosto Dourado foi fundado em 1991 pela Aliança Mundial de Ação pró-amamentação. Desde então o...

10/09/2018

Osasco e região promove a II Jornada Ostomia dia 22 de setembro

A cidade de Osasco e região realizará, no dia 22 de setembro, das 09h às 13h, a II Jornada Sobre...

10/09/2018

Começa a valer suspensão da venda de 26 planos de saúde

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.