Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Motoqueiro roubou alianças de casal do Embu num semáforo de acesso a BR em Taboão

Por Luciana Santos | 13/04/2018

alian

Divulgação O homem contou que o assalto ocorreu por volta das 18h35, no momento o trânsito era intenso 

Um assaltante numa moto roubou as alianças de um casal de moradores de Embu das Artes, quando eles estavam parados, dentro do seu veículo, no semáforo da rua Caetano Barrela, para entrar na Régis Bittencourt em direção a padaria La Ville, em pleno horário de pico desta quinta-feira (12). O homem estava numa moto CG vermelha e depois de pegar as alianças fugiu no sentido da Avenida Francisco Morato. A mulher está grávida de três meses e ficou apavorada. O casal entregou as alianças rapidamente. Antes de anunciar o assalto o homem perguntou as horas ao motorista, viu as alianças e posteriormente informou que era um assalto. O local fica a poucos metros da Delegacia Seccional de Taboão.

O homem informou que  estava parado no semáforo da Caetano Barrela, perto Bar do Zeca em frente ao Banco do Brasil, quando um motoqueiro parou ao lado deles. Ele disse que o vidro do veículo estava abaixado por causa do calor.

"O assaltante se aproximou e perguntou a hora. Eu informei e voltei a conversar com a minha esposa.

 Depois disso o motoqueiro chamou novamente mostrou a arma na cintura e já foi pedindo minha aliança e da minha esposa", contou.

De acordo com a vítima, depois de pegar as alianças o criminoso pediu para que o homem desligasse o carro e puxasse o freio de mão.

 O motorista fez como o assaltante mandou. A vítima, que não quis se identificar, informou que o rapaz estava sozinho.

“Ele se mostrou gentil, perguntou a hora eu informei, mas depois ele me chamou novamente mostrou a arma e pediu as alianças. Minha preocupação era manter minha esposa calma, ela está grávida de três meses e ficou muito nervosa durante o assalto”, disse.

 

O homem contou que o assalto ocorreu por volta das 18h35, no momento o trânsito era intenso e não tinha uma viatura sequer nas imediações.

 Ele não conseguiu anotar a placa da moto nem ver com clareza o rosto do indivíduo, mas, contou que era um homem moreno e de bigodinho, que usava uma blusa com capuz e calça preta de motoqueiro.

A vítima faz um alerta para que em horários de pico a polícia realize rondas na região e para que a população fique atenta a esse tipo de crime.

 O casal não prestou queixa do crime.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.