Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Assaltantes jogam pedras em ônibus, carros e caminhões na Régis Bittencourt para forçar motoristas a parar

Por Sandra Pereira | 12/04/2018

onibus

Divulgação - FacebookJanela de vidro do ônibus foi quebrada por pedra jogada contra o coletivo

Criminosos jogaram pedras contra ônibus, caminhões e carros que trafegam pela rodovia Régis Bittencourt, perto da Refrio, por volta das 21 horas desta quinta-feira, 11. Os bandidos jogavam as pedras para forçar os motoristas a parar a fim de praticar assalto. Ao menos um ônibus da Viação Miracatiba, que faz a linha Tietê, uma carreta e um veículo particular pararam depois de serem atingidos com pedradas.

Felizmente ninguém se feriu mais o susto foi imenso. Várias testemunhas disseram que o problema aconteceu na noite da segunda-feira, 9. Ninguém sabe informar as características dos assaltantes que estão praticando esse crime.

O fato aconteceu no km 295, depois do posto são Leopoldo, o segundo posto de combustível da Régis, na pista em direção a Curitiba, após o a Polícia Rodoviária Federal em Itapecerica da Serra.

Não é a primeira vez que bandidos jogam pedras em veículos para praticar roubo. A prática é muito perigosa e pode matar se a pessoa for atingida pela pedra na cabeça, por exemplo. Também pode ocasionar uma tragédia sem precedentes, já que os assaltantes podem atingir o motorista e fazê-lo perder o controle do veículo ocasionando acidentes fatais.

Uma passageira do ônibus atingido com pedradas contou em sua página no Facebook que mais de 10 carretas tinham sido alvo desse tipo de crime.

Ela alertou aos motoristas que trafegam pela Régis a não parar em caso de pedradas e disse que funcionários do pedágio informaram sobre outras tentativas de assalto similares.


A passageira postou foto do vidro estilhaçado da janela do ônibus.

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.