Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Corpo do GCM Carvalho é velado na Câmara de Taboão da Serra

Por Sandra Pereira | 6/04/2018

homenagem900

Divulgação

Debaixo de profunda comoção e pesar o corpo do Guarda Civil Municipal de Taboão, Hugo Filipe Carvalho Ribeiro, o Carvalho, integrante da Romu, chegou para ser velado no plenário da Câmara de Taboão. Um verdadeiro coro de palmas ecoou pelo estacionamento da Casa de Leis quando o corpo de Carvalho chegou. A mãe dele, dona Dora, e a esposa, Maristela, grávida de poucas semanas, choravam abundantemente enquanto o caixão era aberto e preparado para receber a multidão de visitantes que se acumulou na Câmara. 

O sepultamento do GCM está marcado para acontecer na manhã desta sexta-feira, 7, no cemitério da Saudade.

A família, amigos, colegas da guarda, policiais civis e militares, secretários municipais, integrantes do Corpo de Bombeiros, o vice-prefeito Láercio Lopes, a presidente da Câmara, Joice Silva e os vereadores Ronaldo Onishi, Cido e Rita da Saúde estavam no plenário quando o caixão que trazia Carvalho vestido com a farda que ele amava entrou. Os vereadores Eduardo Nóbrega, Érica Franquini, Priscila Sampaio, Marcos Paulo, o Paulinho, Carlinhos do Leme Johnatan Noventa, Alex Bodinho, Dr. André da Sorriso e professor Moreira foram ao velório prestar condolências.

O prefeito Fernando Fernandes e a deputada Estadual Analice Fernandes estiveram no velório do jovem guarda, se solidarizam com a família e expressaram profundo pesar com a trágica morte do jovem guarda.

Guardas Municipais das cidades de Embu, Cotia, Osasco, Itapecerica e toda a região vieram dar o último adeus ao GCM Carvalho. O ex-investigador chefe da cidade, Luis Peniche também veio ao velório. Delegados e promotores de Justiça compareceram. 

O guerreiro da farda azul, que nas solenidades, desfiles e ocasiões especiais carregava orgulhoso sobre os ombros a bandeira do estado de São Paulo tombou vítima de criminosos que atiraram para matar.

Mesmo sendo alvejado com um tiro na cabeça Carvalho lutou bravamente pela vida. Depois de socorrido pelo Águia, ele foi levado para o Hospital das Clínicas onde os médicos tentaram todos os recursos disponíveis para salvar sua vida. Mas, depois de sofrer sucessivas paradas cardíacas Carvalho morreu. 

O jovem GCM era um dos mais queridos da nova geração de guardas. Também era respeitado pela simplicidade, respeito, honestidade e bom humor que eram característicos dele. Por causa do assassinato de Carvalho a cidade está de luto. A Câmara está com bandeiras a meio mastro.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.