Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Deputada Analice Fernandes recebe medalha Ruth Cardoso pela luta pelos direitos da mulher

Por Assessoria de Imprensa | 29/03/2018

analicee900

Dereck Gomes - Assessoria de Imprensa da Deputada AnalicePela igualdade e contra o preconceito, deputada Analice é condecorada com a medalha “Ruth Cardoso”

O Conselho Estadual da Condição Feminina homenageou a deputada estadual Analice Fernandes, com a medalha Ruth Cardoso, medalha conferida às mulheres que durante sua vida profissional e pessoal lutam pela igualdade de direitos e contra o preconceito.

“A medalha Ruth Cardoso significa muito para mim, como parlamentar e como mulher.Esta condecoração é um aceno positivo para o nosso trabalho”, agradeceu a deputada Analice.

O evento ocorreu na Assembléia Legislativa, dia 27 de março, e homenageou 5 mulheres e uma entidade

Receberam a medalha a desembargadora do Tribunal de Justiça de São Paulo, Kenarik Boujikian defensora dos direitos humanos e das mulheres encarceradas. A advogada e professora Eunice Aparecida de Jesus Prudente, feminista e especialista nas relações étnicos-raciais.

A desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho, Sônia Aparecida Costa Mascaro Nascimento, especialista em assédio moral e sexual com atuação voltada para o mercado de trabalho.

A ginicologista, Maria de Fátima Duarte que desenvolve um trabalho junto às mulheres cadeirantes. E o Projeto Fênix, lançado pela coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário do Estado de São Paulo, que prevê o atendimento médico e hospitalar com intervenção cirúrgica, caso seja necessário, à mulher vítima de violência.


Combate à violência contra a mulher

A deputada Analice conseguiu ao longo de sua jornada como parlamentar, propor e aprovar quatro Leis, que tem como objetivo combater a violência contra a mulher e aumentar a rede de proteção.

Sua primeira Lei determinou que a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, dê publicação mensal dos crimes cometidos contra a mulher, divididos por região.

A mais nova Lei aprovada este ano, prevê a implantação do Programa Tempo de Despertar em âmbito estadual. No Tempo de Despertar que já funciona em Taboão da Serra, os homens autores de violência são convidados a participar do Programa que tem como objetivo diminuir a reincidência da violência cometida contra a mulher.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.