Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Câmara aprova convênio visando reduzir mortes no trânsito em Taboão

Por Assessoria de Imprensa da Câmara de Taboão | 25/03/2018

convenio

Leandro Barreira Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade no dia 20, projeto do Executivo, que autoriza o município a celebrar convênio com o Departamento Estadual de Trânsito do Estado de São Paulo – Detran, visando à implantação de ações do Programa Movimento Paulista de Segurança no Trânsito e melhorias na mobilidade urbana. Os vereadores elogiaram a iniciativa justificando que ela vai salvar vidas.

O convênio prevê a liberação de R$ 1,2 milhões para o município investir em ações de educação e conscientização para reduzir drasticamente as mortes no trânsito até 2020.

O Movimento Paulista de Segurança no Trânsito registra por meio do Infosiga todas as mortes ocorridas no trânsito. O recurso será destinado para a pasta do secretário Gerson Brito.

“O convênio foi firmado graças à deputada Analice Fernandes e vai garantir recursos para a realização de uma ampla campanha de conscientização contra as mortes no trânsito, especialmente entre os jovens, que são maioria entre as vítimas fatais”, afirmou o Dr. Ronaldo Onishi, antes de lembrar que em  agosto de 2017 a Câmara aprovou requerimento de sua autoria, ao governo do estado, pedindo a realização de campanhas de conscientização sobre imprudência no trânsito.

Na ocasião o Dr. Ronaldo Onishi lembrou que o trânsito no Brasil mata mais do que as guerras mundo afora e citou pesquisa que mostra o Brasil como o 4º país do mundo em mortes no trânsito, perdendo apenas para China, Índia e Nigéria.

“Naquele período tivemos uma reunião com a deputada Analice Fernandes, que nos falou sobre o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, e prometeu se empenhar para trazer esses recursos para a nossa cidade”, relatou Dr. Onishi.

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.