Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Fugitivo matou adolescente de 14 anos e tentou matar menino de 7 anos em Itapecerica

Por Sandra Pereira | 23/03/2018

assassino

Polícia CivilRogério Torres da Silva confessou os crimes e admitiu que estava drogado quando assassinou a adolescente e tentou matar o irmão dela

Uma adolescente de 14 anos, moradora do jardim do Carmo, em Itapecerica da Serra, foi brutalmente assassinada nesta quinta-feira, 22, com vários golpes de faca no pescoço por um vizinho usuário de drogas, fugitivo da cadeia, que invadiu a casa deles. Além de assassinar a adolescente, o homem identificado como Rogério Torres da Silva, estrangulou o irmão da adolescente, de apenas 7 anos. De acordo com a polícia, o menino só ficou vivo porque desmaiou. A criança acordou depois, toda ensanguentada ao lado da irmã assassinada pelo vizinho drogado que estava fugido da prisão. A adolescente assassinada estudava na escola Antônio Florentino e vai ser sepultada no cemitério Cerejeiras

O criminoso ainda roubou o celular da adolescente. O assassino foi preso em flagrante por volta das 23 horas, depois de uma ampla investigação feita pela equipe do 1º Distrito Policial de Itapecerica. O assassino foi preso e levado para o 1º DP onde  confessou o crime e revelou que já entrou na casa "furando" a menina.

“Os irmãos estavam sozinhos em casa porque a mãe saiu para trabalhar. Ele esfaqueou a menina e estrangulou o menino, deve ter pensado que o menino morreu. Na delegacia ele contou que estava drogado e já entrou furando a menina”, relatou um dos policiais que participou da investigação.

Os policiais disseram ao Jornal na Net que quando acordou o garotinho pediu socorro, mas não foi ouvido na vizinhança. A casa deles estava fechada. O crime só foi descoberto quando a mãe dos dois chegou do trabalho por volta das 16 horas. Encontrou a filha assassinada e o filho bastante machucado. O menino foi essencial para que a polícia descobrisse e prendesse o assassino.

“Apesar de ser muito pequeno o menininho ajudou pra caramba. Ele lembrava como o acusado era. Começamos a procurar na vizinhança e chegamos até a mulher do acusado. Ela trabalha e ele estava desempregado”, contou.

Segundo os policiais, o acusado é fugitivo da prisão de Valparaíso e já tinha passagens por roubo e uma tentativa de latrocínio.

A mãe da adolescente está devastada com a tragédia. A vizinhança ficou chocada com a brutalidade do crime. Todos ficaram revoltados com o assassinato brutal e sem sentido da menina. O celular dela não foi achado e a polícia suspeita que ele tenha sido trocado por drogas pelo assassino. A população elogiou a agilidade da equipe na investigação e prisão do acusado.

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.