Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores aprovaram convênio para reduzir mortes no trânsito e debateram assassinato de Marielle Franco

Por Sandra Pereira | 21/03/2018

camara

Leandro BarreiraVereadora Priscila Sampaio pediu que todos dessem as mãos dentro e fora do plenário e orou pelas mulheres vítimas de violência na cidade e no País 

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade na sessão desta terça-feira, 20, projeto do Executivo, que autoriza o município a celebrar convênio com o Departamento Estadual de Trânsito do Estado de São Paulo – Detran, visando à implantação de ações do Programa Movimento Paulista de Segurança no Trânsito e melhorias na mobilidade urbana. O convênio foi firmado graças à deputada Analice Fernandes e vai garantir recursos para a realização de uma ampla campanha de conscientização contra as mortes no trânsito, especialmente entre os jovens, que são maioria entre as vítimas fatais. 

O convênio prevê a liberação de R$ 1,2 milhões para o município investir em ações de educação e conscientização para reduzir drasticamente as mortes no trânsito até 2020. O Movimento Paulista de Segurança no Trânsito registra por meio do Infosiga todas as mortes ocorridas no trânsito. O recurso será destinado a pasta do secretário Gerson Brito. Desde que assumiu a secretaria Gerson Brito vem recebendo elogios pela descentralização das ações, investimentos em novos pontos de ônibus e a visível melhoria na sinalização de trânsito.

Em agosto de 2017 a Câmara de Taboão da Serra aprovou requerimento ao governo do estado pedindo a realização de campanhas de conscientização sobre imprudência no trânsito.

À época, o autor do requerimento, Dr. Ronaldo Onishi, afirmou que é preciso reduzir as mortes no trânsito.Ele lembrou que o trânsito no Brasil mata mais do que as guerras mundo afora e citou pesquisa que mostra o Brasil como o 4º país do mundo em mortes no trânsito, perdendo apenas para China, Índia e Nigéria. O vereador comemorou a aprovação do convênio e agradeceu ao empenho da deputada Analice Fernandes, a quem ele também alertou sobre a necessidade de uma ampla ação educativa no trânsito.

“Tenho certeza que esse convênio vai prevenir mortes e salvar vidas. Quero agradecer o empenho pessoal da nossa deputada Analice Fernandes em mais essa conquista para a cidade. Tive a felicidade de conversar com a deputada a esse respeito. Ela me falou sobre esse programa e poucos meses depois estamos votando a assinatura do convênio, comprovando o compromisso dela com a nossa cidade”, observou.

Sem acordo, requerimento contra assassinato de Marielle Franco não é votado


Por falta de consenso entre os líderes, os vereadores não votaram requerimento contra o assassinato da vereadora carioca Marielle Franco. A presidente da Câmara, Joice Silva, lembrou que a vereadora defendia o direito à vida, liberdade e os direitos humanos. Disse que a Casa decretou luto oficial de 3 dias, período em que a Casa funcionou normalmente.

A vereadora Priscila Sampaio quebrou protocolo e fez oração em plenário pedindo paz para as mulheres. Já o autor do requerimento que não foi votado, Dr. Ronaldo Onishi observou que Marielle lutava pelos Direitos Humanos.


“ Ela foi executada porque defendia os direitos humanos. O motorista morreu porque estava na hora errada, no lugar errado. Ela foi morta por causa da defesa da vida que ela fazia. A sociedade precisa dar uma resposta. Ela foi executada porque teve a coragem de gritar pelos que pedem socorro. Uma voz dessas não pode ser calada numa execução tão cruel”, bradou.

Vereadores repercutiram nomeação de Walter Paulo na secretaria de Segurança

Outro tema que pautou a sessão desta terça-feira, 20, em Taboão foi a indicação do novo secretário de segurança, o ex-vereador Walter Paulo, pai do agora vereador Marcos Paulo, o Paulinho. Quem primeiro elogiou a indicação dele foi o vereador André Egydio.

A presidente da Comissão de Segurança, vereadora Érica Franquini, citou a repercussão da nomeação na guarda e afirmou estar otimista.

Os demais vereadores se revezaram um a um desejando um trabalho profícuo ao novo secretário, descrito pelos parlamentares como calmo e humanista.

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.