Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Caminhada denunciou violência doméstica e pediu paz para mulheres no Embu

Por Adilson Oliveira - VerboOnline | 14/03/2018

Caminhada_mulheres_1_cc

Gabriel Binho - VerboOnLineFim da violência, igualdade de gênero e pedido de respeito às mulheres marcou caminhada

Ativistas pela igualdade de gênero e lideranças comunitárias e políticas de Embu das Artes participaram na quinta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, no centro do município, de caminhada pelo fim da violência contra as mulheres. A marcha começou em frente à sede da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em Embu e terminou na praça central, após ato de conscientização. Cerca de 200 pessoas saíram às ruas para denunciar agressões e cobrar políticas sociais.

Em 2017 a violência contra as mulheres em Embu das Artes foi crescente. O município registrou números elevados dos casos de estupro e mortes violentas de mulheres. Isso sem contar os casos de agressão física. Por causa do aumento dos casos na região a Secretaria de Segurança Pública lançou um Disque Denúncia regional, (11) 4138-3340, que fica lotado na Delegacia Seccional de Taboão da Serra destinado a atender com exclusivade casos de violência na região.

Mulheres de várias idades exibiam cartazes com mensagens contra a violência doméstica e o machismo, além de divulgar o Disque-denúncia de violência contra a mulher, o telefone 180. Pessoas que passavam recebiam um informe dos organizadores da caminhada que dizia que “em 2017 Embu despontou como uma das cidades mais violentas da região” e “os números de estupro ocorridos na cidade em março aumentaram 40% em relação a janeiro”.

A ex-vereadora Maria das Graças (PT) condenou a postura do homem que “acha que pode fazer o que bem entende” se a mulher “usa saia curta ou um shortinho”. “A mulher tem o direito de escolher como quer se vestir. Temos que exigir respeito”, disse. A vereadora Rosângela Santos (PT) conclamou a sociedade a dar um basta à violência de gênero e conclamou as cidadãs de Embu a se unirem contra toda forma de agressão. “Juntas somos mais fortes”, salientou.

Moradores e visitantes que passavam pela praça aprovaram a manifestação. “Sou contra qualquer tipo de violência, independente do motivo. A lei tinha que pegar mais pesado com as pessoas que praticam violência contra as mulheres. Teria que aumentar os anos de prisão ou ser mais rígido na questão financeira, hoje ele [homem] comete a violência, mas daqui a pouco está solto, paga fiança e está liberado”, disse a gestora Samantha (não informou sobrenome), 31.

Ao lado da mulher, com a filha de 2 meses, o morador Diego Borges considerou a iniciativa um “protesto legítimo”. “Toda mulher tem que ser respeitada. Elas sofrem violência não só de apanhar do marido, também verbal, ameaças, preconceito. Para mudar isso, tem que ser através do diálogo. Agora, se não der certo, tem que fazer denúncia e se afastar”, disse. A esposa Thays reprovou que “nem todas as mulheres têm os mesmos direitos que o homem”.

Com informações de Sandra Pereira

19/04/2018

Moradores comemoram reforma de Praça em Taboão da Serra

Os moradores do Jardim Beatriz, em Taboão da Serra, estão comemorando a reforma e instalação de...

18/04/2018

Fórum São Paulo premiou Promotores do Desenvolvimento eleitos em votação direta

Com a presença de várias autoridades e homenageados, o Fórum São Paulo e o Grupo Organizado de...

12/04/2018

Adolescente de Taboão está desaparecido e família pede ajuda para encontrá-lo

O estudante Luiz Gustavo de Oliveira Vieira, de 14 anos, está desaparecido desde a segunda-feira...

12/04/2018

Moradores reclamam de barulho e música alta em bairro de Taboão

Há cerca de um ano, os moradores do bairro Jacarandá, em Taboão da Serra, vem sofrendo com o...

05/04/2018

Governo de São Paulo vai contratar 800 escrivães e 600 investigadores

As inscrições para o concurso que vai selecionar 800 escrivães e 600 investigadores começam às...

05/04/2018

OAB Taboão lança 3ª edição de revista impressa nesta quinta (5)

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Subseção Taboão da Serra, lança nesta quinta-feira (05) a...

04/04/2018

Concurso do TRT da 2ª Região vai oferecer vagas em Taboão, Embu e Itapecerica

O Tribunal Regional da 2ª Região, São Paulo, vai abrir novo concurso público autorizado para o...

04/04/2018

Procon de Itapecerica da Serra divulga os números do Mês do Consumidor

O Procon de Itapecerica da Serra informa que efetuou 3751 atendimentos durante as ações...

31/03/2018

Embu lidera ranking de estupros e Taboão sai na frente nos casos de roubo

Dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) mostram que a cidade...

25/03/2018

 Moradores de Itapecerica pedem justiça para adolescente de 14 anos assassinada

Em clima de absoluta comoção familiares, amigos,vizinhos e colegas de escola da adolescente de...

21/04/2018

Febre amarela continua se expandindo pelo país

Embora os casos confirmados de febre amarela tenham diminuído no Brasil nas últimas três...

21/04/2018

Candidatos desempregados aceitariam ganhar menos que no emprego anterior

Pesquisa divulgada pela Robert Half, empresa de recrutamento e seleção, mostra que 70% dos...

21/04/2018

Governo diz que terá de adiar reajuste de servidor para fechar contas em 2019

Para tentar impedir a paralisação da máquina administrativa e dos investimentos públicos no ano...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.