Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Mulher é covardemente estuprada e espancada em Embu das Artes

Por Luciana Santos | 23/02/2018

ESPANCADA

Divulgação

Mais um crime bárbaro e covarde contra a mulher foi registrado na noite do último sábado 17, no Jardim Valo Velho em Embu das Artes. Uma mulher foi covardemente estuprada e espancada após sair de casa para ir a culto evangélico em uma igreja da região da zona sul. A violência com que ela foi espancada foi tanta que a mulher está com o rosto totalmente desfigurado.

Informações passadas por alguns parentes da vítima dão conta que o criminoso estava em um veículo Gol/VW-1000 de cor preta e placa de São Lourenço da Serra CBU-5757, quando abordou a vítima.

A vítima foi surpreendida pelo criminoso que a rendeu e levou ela para um terreno baldio próximo a Escola Municipal Jorge Americano. Lá ela foi abusada sexualmente pelo estuprador que após abusar dela a agrediu covardemente chegando a deixar seu rosto totalmente desfigurado.

A vítima foi identificada como Rosangela Alves, ela foi socorrida as pressas em estado grave para um pronto-socorro da região. Após receber os primeiros socorros a vítima foi transferida para o Hospital Regional sul onde se submeteu à cirurgia nos olhos, nariz e queixo.

Familiares e amigos da vítima estão inconformados com o crime bárbaro. Nas redes sociais familiares postaram diversas fotos da mulher com o rosto totalmente desfigurado o que vem dando grande repercussão e causando indignação na população.

O Feminicídio no Brasil aumentou nos últimos anos. Registros dão conta que a cada 11 minutos uma mulher é violentada e agredida no Brasil. Em 2015, o feminicídio passou a constar no Código Penal como circunstância qualificadora do crime de homicídio.

Até o momento a polícia não tem informações sobre o paradeiro do estuprador. Imagens capturadas pelas câmaras de segurança da escola e dos comércios da região já foram recolhidas e estão sendo utilizadas na investigação.

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.