Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Variedades

Governador Alckmin inicia as obras da nova estação Francisco Morato

Por Assessoria de Comunicação | 19/02/2018

obra

Divulgação Investimento é de R$ 114,9 milhões; nova estação terá

O governador Geraldo Alckmin deu início, neste sábado (17/02), às obras de implantação da nova estação Francisco Morato, na Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato – Jundiaí). Inicialmente, serão realizados os trabalhos de topografia e demolição de estruturas no local da futura estação. Também serão executados serviços de terraplanagem e remanejamento da via permanente.

“São duas notícias importantes para a mobilidade na região. Primeiro, a nova estação Francisco Morato, que vai ser uma das maiores da região metropolitana. Vai ter 6 mil metros quadrados de área construída, três plataformas de embarque e desembarque, cinco escadas rolantes, três elevadores e todos os itens de acessibilidade para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida”, explicou o governador, acrescentando que a obra gerará 300 empregos.

A segunda boa notícia é que, no prazo de 90 dias, será concluída a substituição de todos os trens na Linha 7-Rubi por modelos novos. “Temos nesta linha alguns trens ainda da década de 1950, com mais de 60 anos. Os novos trens têm vagões contínuos, que são mais seguros, maior motorização, câmeras de segurança e ar condicionado. São mais confortáveis, mais seguros e silenciosos”, disse Alckmin.

A obra em Francisco Morato inclui a implantação de dois acessos: um ligará a estação ao terminal rodoviário da Prefeitura e o outro chegará à rua Gerônimo Garcia, importante via do município. Atualmente, cerca de 35 mil usuários utilizam a estação por dia. 

O consórcio vencedor da licitação é o Telar-Spavias. Sua oferta, no valor de R$ 114,9 milhões, gerou uma economia aos cofres públicos de cerca de R$ 57 milhões sobre o valor orçado. O prazo de execução é de 36 meses, contados a partir de ordem de serviço, mais um ano de operação assistida.

Modernização na Linha 7-Rubi - Atualmente, 19 novas composições circulam na Linha 7-Rubi. Os trens utilizados no processo de padronização da frota da CPTM têm salão contínuo de passageiros (passagem livre entre os carros), monitoramento com câmeras na parte externa e interna e são acessíveis para pessoas com mobilidade reduzida ou deficiência (contam com sinalização visual para identificação de assentos preferenciais, mapa dinâmico e áudio, além de espaço para cadeirantes). Também dispõem de monitores digitais internos com informações e interação das principais notícias sobre a prestação de serviços, além de reconhecimento eletrônico automático do maquinista por meio de biometria.

A Linha 7-Rubi é a maior da CPTM, com 60,5 km de extensão. O trecho maior, com 39 km, vai da Luz até Francisco Morato e atende cerca de 395 mil passageiros/dia útil. Já a extensão entre Francisco Morato e Jundiaí tem 21,5 km e é utilizada em média por 30 mil usuários/dia útil.

 

14/08/2018

Mega-Sena pode pagar R$ 6,5 milhões nesta terça

14/08/2018

FGTS vai distribuir R$ 6,23 bilhões de lucro com trabalhadores

13/08/2018

Vendas de Dia dos Pais têm melhor desempenho em 6 anos, diz Serasa

17/08/2018

Precisamos falar da copeira Dilma sequestrada, estuprada e assassinada

Foram 6 dias de dor, angústia, medo e uma busca intensa que terminou na descoberta do corpo com...

17/08/2018

Acidente na rodovia Régis Bittencourt deixa dezessete feridos

Dezessete pessoas ficaram levemente feridas após um acidente entre carreta e ônibus no...

17/08/2018

Só 16 por cento das crianças foram vacinadas contra sarampo e poliomelite

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.