Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

Moradores não querem mudanças em Embu

Por | 29/11/2010

natureza

Karen SantiagoMoradores também querem que natureza seja mantida

Em meio à calmaria da natureza, bichinhos e de carros que trafegam pelo local os cerca de 40 moradores das ruas São Luis e Matões em Embu das Artes estão preocupados com o futuro da mata Atlântica e também do possível asfalto em ruas características da história da cidade.

A preocupação começou após a proposta apresentada pelo Secretário de Desenvolvimento Urbano, Geraldo Juncal Júnior que visa integrar o Parque Linear Municipal a Praça da Lagoa, ao Parque Rizzo e o futuro Parque da Várzea Rio Embu-Mirim, além de preservar o meio ambiente e consolidar o sistema de proteção aos mananciais.

Diferente do projeto apresentado, os moradores acreditam que a natureza sofrerá com os impactos das obras e, além disso, que a rua São Luis que atualmente conta com bloquetes, ficará descaracterizada com o asfalto. “A calmaria irá acabar, porque o número de carros que irá passar pela rua será grande e com estrutura de 40 anos, as casas não vão aguentar o impacto. E a natureza irá acabar e não vamos mais desfrutar de todos esses benefícios que ela nos oferece”, afirmou a moradora Valéria.

A moradora se refere quando usa a palavra benefício, ao contato direto com as árvores, com os animais e aves que visitam constantemente a natureza atrás da sua casa. “Alimentamos os bichinhos, macacos, jacus, esquilos, lagartos. Um bicho mais bonito que o outro. Cuidamos das árvores, quando elas caem com a chuva, cortamos, arrumamos. Temos um amor muito grande por este lugar”, ressaltou Valéria.

Para os moradores, o ideal seria deixar tudo como está agora. Mas, conscientes que as mudanças são necessárias para a construção do Parque, os moradores pedem que o impacto seja o menor possível e que a rua não seja asfaltada.

“Decidimos ir até a reunião na última terça-feira, 23, para reivindicarmos. Entendemos o lado do secretário, mas ele também precisa entender o nosso. Por este motivo conseguimos para amanhã (terça), 30, uma reunião na secretária de obras, para entendermos melhor o que irá realmente acontecer. Espero sair com uma solução boa para nós moradores”, finalizou.

A reunião será nesta terça-feira, 30 de novembro, às 9h no setor de obras, na prefeitura.

rua

Rua tranquila pode ficar movimentada após asfalto, segundo os moradores

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.