Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

Moradores não querem mudanças em Embu

Por Karen Santiago | 29/11/2010

natureza

Karen SantiagoMoradores também querem que natureza seja mantida

Em meio à calmaria da natureza, bichinhos e de carros que trafegam pelo local os cerca de 40 moradores das ruas São Luis e Matões em Embu das Artes estão preocupados com o futuro da mata Atlântica e também do possível asfalto em ruas características da história da cidade.

A preocupação começou após a proposta apresentada pelo Secretário de Desenvolvimento Urbano, Geraldo Juncal Júnior que visa integrar o Parque Linear Municipal a Praça da Lagoa, ao Parque Rizzo e o futuro Parque da Várzea Rio Embu-Mirim, além de preservar o meio ambiente e consolidar o sistema de proteção aos mananciais.

Diferente do projeto apresentado, os moradores acreditam que a natureza sofrerá com os impactos das obras e, além disso, que a rua São Luis que atualmente conta com bloquetes, ficará descaracterizada com o asfalto. “A calmaria irá acabar, porque o número de carros que irá passar pela rua será grande e com estrutura de 40 anos, as casas não vão aguentar o impacto. E a natureza irá acabar e não vamos mais desfrutar de todos esses benefícios que ela nos oferece”, afirmou a moradora Valéria.

A moradora se refere quando usa a palavra benefício, ao contato direto com as árvores, com os animais e aves que visitam constantemente a natureza atrás da sua casa. “Alimentamos os bichinhos, macacos, jacus, esquilos, lagartos. Um bicho mais bonito que o outro. Cuidamos das árvores, quando elas caem com a chuva, cortamos, arrumamos. Temos um amor muito grande por este lugar”, ressaltou Valéria.

Para os moradores, o ideal seria deixar tudo como está agora. Mas, conscientes que as mudanças são necessárias para a construção do Parque, os moradores pedem que o impacto seja o menor possível e que a rua não seja asfaltada.

“Decidimos ir até a reunião na última terça-feira, 23, para reivindicarmos. Entendemos o lado do secretário, mas ele também precisa entender o nosso. Por este motivo conseguimos para amanhã (terça), 30, uma reunião na secretária de obras, para entendermos melhor o que irá realmente acontecer. Espero sair com uma solução boa para nós moradores”, finalizou.

A reunião será nesta terça-feira, 30 de novembro, às 9h no setor de obras, na prefeitura.

rua

Rua tranquila pode ficar movimentada após asfalto, segundo os moradores

Valéria Marques

Gostaria de comunicar a todos que em reunião realizada na Prefeitura de Embu, que inicialmente seria com o Srº Secretario de Desenvolvimento Urbano, ganhou proporções maiores e quem nos recebeu foi o Srº Prefeito, que após conhecer nossas insatisfações voltou atr´s no asfalto da Rua São Luiz e as referidas "melhorias" na Rua Matões, que margeia o rio. Informo que fiz uma ATA de todos os encontros do qual tivemos e á última reunião o então Srº Prefeito assinou como um TERMO DE COMPROMISSO conosco. Srº Wilson...concordo com o Srº, mas nós população precisamos nos mexer também... não sei se os moradores da Rua São Paulo tiveram tempo de se mobilizar contra o asfalto local, o Srº sabia que a Prefeitura, setor de obras, está fazendo uma obra para a transportadora GIOVANELLA (empresa particular)será que a referida transportadora está contribuindo com quanto? Este é o valor do Meio Ambiente para eles... obrigada a reporter Karen Santiago, pela sua neutralidade e profissionalismo.

Wilson

"Bota Fora" virou especialidade no governo Chico Brito. Vejam o que ele fez ao lado do Caipirão, onde mandou aterrar uma área de manancial para construir a rodoviária. No São Marcos para se construir um campo, decretaram uma mata como área de utilidade pública e aquilo está virando um deposito de terra. Em frente a praça da Bíblia é a mesma coisa. No Jardim Tomé, a situação é a mesma. Na mata do Roque Valente a derrubada de árvores segue de forma assustadora sem controle algum. Eu gostaria muito de saber quem está ganhando com tudo isto. A Natureza não é que não está... Gostaria ainda de saber qual empresa está responsável em trazer toda a terra para a cidade. Alguém está ganhando muitoooo... E por fim, quero saber quando o Sr. Leandro, presidente da Sociedade Ecológica de Embu, vai se pronunciar CONTRA estes absurdos. Desenvolvimento destruindo nossas riquezas ambientais não é desenvolvimento. É CRIME!

24/09/2017

14º Festival de Flores e Plantas marcou a chegada da primavera em Embu

O 14º Festival de Flores e Plantas de Embu das Artes ocorrido neste final de semana celebra em...

15/09/2017

Projeto Horta em Pet realiza novas oficinas em Embu das Artes

A Sociedade Ecológica Amigos de Embu – SEAE, em parceria com a prefeitura municipal de Embu das...

14/09/2017

Prefeitura de Taboão da Serra realiza limpeza de córregos

Um forte trabalho de limpeza e desassoreamento dos córregos de Taboão da Serra vem sendo...

18/08/2017

Sexta-feira será fria e chuvosa em Taboão da Serra, Embu e Itapecerica

O tempo deve permanecer frio e chuvoso nesta sexta-feira, 18, em Taboão da Serra, Embu,...

15/08/2017

Onça encontrada em empresa em SP vai voltar para a natureza até sexta-feira

10/08/2017

teste

teste

06/08/2017

Prefeitura de Taboão da Serra realiza limpeza nos córregos da cidade

A Prefeitura de Taboão da Serra, por meio da Secretaria de Manutenção, está realizando o...

06/08/2017

Em Embu das Artes, Jardim Nova República e São Marcos recebem oficina de horta

No município de Embu das Artes, situado na região oeste da Grande São Paulo, um projeto...

25/09/2017

Bandidos roubam carga de R$ 12 mil em biscoito no Embu e fazem motorista refém

O motorista de um veículo que transportava uma carga de biscoito avaliada em R$12 mil foi...

25/09/2017

Emprega São Paulo/Mais Emprego tem 5.215 vagas abertas no Estado

O programa Emprega São Paulo/Mais Emprego oferece 5.215 oportunidades nesta semana no Estado de...

25/09/2017

Gravidez na adolescência em São Paulo cai a seu menor nível em 18 anos

O governador Geraldo Alckmin apresentou dia 22 um balanço produzido pela Secretaria de Estado da...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.