Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

PF faz operação para deter seita envolvida com trabalho escravo e estelionato

Por Outro autor | 6/02/2018

pf

Divulgação A operação de hoje tem o apoio de 55 auditores fiscais do Ministério do Trabalho e do Grupo Especial de Fiscalizaç&ati

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (6) a Operação Canaã - A Colheita Final, que investiga o envolvimento de uma seita religiosa em crimes como trabalho escravo, tráfico de pessoas, lavagem de dinheiro e estelionato. O grupo é suspeito de atuar em municípios de São Paulo, Bahia e Minas Gerais. Nesses três estados, 220 agentes cumprem 22 mandados de prisão preventiva, 17 de interdição de estabelecimento comercial e 42 de busca e apreensão – todos expedidos pela 4ª Vara Federal em Belo Horizonte.

De acordo com a PF, os investigados cooptaram pessoas na capital paulista para que doassem imóveis e veículos de luxo. Em nota, a PF informa que, depois de devidamente doutrinados, os novos fiéis eram levados para zonas rurais e urbanas em Minas Gerais (Contagem, Betim, Andrelândia, Minduri, Madre de Deus, São Vicente de Minas, Pouso Alegre e Poços de Caldas), na Bahia (Ibotirama, Luiz Eduardo Magalhães, Wanderley e Barra) e em São Paulo (capital). Ao chegar a esses locais, eram explorados, sendo forçados a trabalhar em lavouras e estabelecimentos comerciais, como oficinas mecânicas, postos de gasolina, pastelarias e confecções, sem descanso e remuneração. Segundo a PF, o grupo criminoso já expandia sua ação para o estado do Tocantins.

A investigação, cujo nome é uma referência bíblica à terra prometida, começou em 2011, quando a seita estava migrando de São Paulo para Minas Gerais. Em 2013, foi deflagrada a Operação Canaã, com foco em inspeções em propriedades rurais e algumas empresas urbanas. A etapa foi sucedida pela etapa De Volta para Canaã, em 2015, que resultou na prisão temporária de cinco dos líderes.

A operação de hoje tem o apoio de 55 auditores fiscais do Ministério do Trabalho e do Grupo Especial de Fiscalização Móvel da pasta. Se condenados, os suspeitos poderão cumprir até 42 anos de prisão.

 

20/02/2018

Seccional de Taboão realiza megaoperação contra pedofilia em 21 cidades

A Delegacia Seccional de Taboão da Serra realiza desde a madrugada desta terça-feira, 20, uma...

20/02/2018

Motoqueiro acusado de assalto é suspeito de assassinato em Taboão da Serra

Um adolescente foi morto e homem ficou ferido após serem vítimas de um homem que praticava...

20/02/2018

Alckmin distribui viaturas da SAP para Itapecerica da Serra

O governador Geraldo Alckmin entregou nesta segunda-feira, 19, 202 novas viaturas para a...

17/02/2018

ROMU recupera caminhão roubado em Itapecerica, bandidos levaram toda a carga

Quatro assaltantes armados em duas motos roubaram uma carga de carne avaliada em R$ 8 mil neste...

09/02/2018

PM recupera carga de eletrodomésticos roubada em Embu Guaçu

Policiais do 25º BPM/M conseguiram recuperar na tarde desta quinta-feira (8) uma carga de...

07/02/2018

Homem é preso em Taboão acusado de tráfico de drogas

Policiais do 1º D. P. de Taboão da Serra prenderam na tarde desta quarta-feira (07), um homem...

20/02/2018

Câmara de Taboão realiza sessão Solene hoje pelos 59 anos da cidade

Na próxima terça-feira, dia 20, às 19h, a Câmara Municipal de Taboão da Serra realiza no Cemur a...

20/02/2018

Seccional de Taboão realiza megaoperação contra pedofilia em 21 cidades

A Delegacia Seccional de Taboão da Serra realiza desde a madrugada desta terça-feira, 20, uma...

20/02/2018

Após seis meses Emplacamento Premiado chega ao fim

Lançado em agosto de 2017 pela Prefeitura de Embu das Artes o Emplacamento Premiado foi uma...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.