Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cultura

Secretaria de Cultura promoveu o 1º Leitura Dramática sobre a comédia brasileira no Cemur

Por Assessoria de Imprensa da prefeitura de Taboão da Serra | 2/02/2018

culturrrrr

Rogério Gonzaga A Prefeitura de Taboão da Serra, através da Secretaria de Cultura e Turismo promoveu o 1º encontro Leitura Dramática deste ano. Esta edição do projeto ocorreu no Cemur, localizado na praça Nicola Vivelechio, no bairro Jardim Bontempo, na noite da última segunda-feira, 29, com o objetivo de retomar as pesquisas e estudos sobre dramaturgia da comedia brasileira, além de estimular a pratica da leitura e restabelecer uma parceria com o público estudantil.

Durante o encontro, foi realizada a leitura do texto teatral “Sacra Folia” do autor, Luís Alberto de Abreu. A obra é um auto popular que narra às aventuras da sagrada família. Perseguidos por Herodes, José e Maria, com Jesus recém-nascido, erram o caminho para o Egito e vem parar no Brasil. Aqui, contam com a ajuda de dois famintos e atrapalhados, João Teité e Mathias Cão, para escaparem das garras de Herodes e Boraceia e serem levados, salvos, até Belém do Pará. Divertida, a trama conta com muitas confusões e situações cômicas.

O autor Luís Alberto de Abreu teve um papel importante por sua atuação pedagógica em núcleos de dramaturgia, na Escola Livre de Santo André e no projeto Oficinãodo Galpão Cine Horto, em Belo Horizonte. Ele foi idealizador da Escola Livre de Cinema, Vídeo de Santo André e do Instituto Narradores de Passagem. Sua obra é tema de trabalhos acadêmicos e ensaios. Escreveu e publicou artigos nos quais abordava e elaborava as bases teóricas da própria criação, além de reflexões sobre o teatro contemporâneo em geral e a dramaturgia em especial.

A direção geral foi de Ney Rodrigues, a produçãoKakau Diogo e Fernanda Foxx, participaram do grupo de pesquisa Jorge José, Valter Costa, Zhé Maria, Eddie Ferraz e Ney Rodrigues, e os atores Alexandre Matos, Heric Alvarez, KarolPiacentini, Ingryd Sena, Thania Rocha, Marcos Queiroz, Edilson Silva, Thiago Campói, Flávia D’Alima e Luiz Bezerra. As leituras dramáticas irão acontecer na última segunda-feira de cada mês. O próximo encontro acontece no dia 26 de fevereiro, também no Cemur e será realizada a leitura da obra “Borundanga”, do autor Luís Alberto de Abreu.

Serviço:

Leitura Dramática – “Borundanga”

26 de fevereiro, às 20h

Cemur- Praça Nicola Vivelechio, 334, bairro Jardim Bontempo

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.