Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Esporte

CATS perde para o Joinville e é eliminado da Copa São Paulo Júnior

Por Luciana Santos | 11/01/2018

cats22

Divulgação O time Taboanense ainda marcou um gol aos 42 do segundo com Gama e aos 44 mandou uma bola na trave, mas já era tarde demais.

O CATS (Clube Atlético de Taboão da Serra) foi eliminado da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O time foi valente, mas não resistiu ao time do Joinville (SC) e acabou perdendo por 3 a 1.

Após dois empates o clube Taboanense perdeu para o time Joinville de Santa Catarina. O time entrou em campo precisando da vitória. Em todo momento a equipe buscou o gol, mas não conseguia concluir na finalização. O time Catarinense veio fechado e com uma marcação forte e pegada o que dificultou o passe.

A torcida compareceu e apoiou o time a todo o momento, dentro de campo os jogadores procuravam o gol, mas pegava muito nas finalizações. O Joinville abriu o placar aos 27 do primeiro tempo com o gol de Baianinho.

Na segunda etapa o CATS entrou mais determinado quase empata ao jogo logo nos primeiros 6 minutos, quando teve um pênalti a seu favor, mas Caio bateu mal, e o goleiro Nicolas defendeu. Com isso o time mostrou nervosismo e acabou perdido em campo.

O técnico Axel falou sobre a derrota e disse estar decepcionada, pois acreditava no nível de seus jogadores e o trabalho realizado foi intenso e sair na primeira fase do campeonato é decepcionante.

“Foi decepcionante ser eliminado na primeira fase, realmente não era isso que esperávamos, realizamos um trabalho intenso, acreditávamos no potencial dos nossos atletas. Mas a responsabilidade recai sempre em cima de nós treinadores, então eu sempre puxo pra mim essa responsabilidade, não posso jogar a responsabilidade em cima deles, eles são muito jovens e tem muito ainda que aprender. Esse tipo de campeonato não permite que tenhamos tempo para corrigir alguns erros, os atletas têm que estar prontos e muito bem preparados”, lamentou o treinador.

O time Taboanense ainda marcou um gol aos 42 do segundo com Gama e aos 44 mandou uma bola na trave, mas já era tarde demais.

Axel ainda relatou que agora é erguer a cabeça e seguir em frente, ele informou ainda que irá realizar algumas reformulações e pensar no sub 20 para que o ano que vem montar uma equipe mais forte e competitiva e preparar eles para chegar bem maduro nas competições.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.